Mercedes-Benz apresenta os novos Classe A, CLA e CLA Shooting Brake 45 AMG


A Mercedes-Benz apresentou oficialmente, a nova geração da linha 45 AMG dos seus compactos Classe A, CLA e CLA Shooting Brake. O trio recebe a versão mais potente e completa a sua gama de versões em relação à geração passada. Os modelos usam o motor 2.0 Turbo de quatro cilindros, da família M193. Descrito como o mais potente da história com produção em série, o motor desenvolve 421cv de potência e 51kgfm de torque e deve ser responsável por equipar as novas gerações de Classe A 45 AMG, CLA 45 AMG, CLA Shooting Brake 45 AMG e GLA 45 AMG. A versão de 421cv é a versão S, sendo que o motor M193 deve ser vendido numa variante mais mansa, que deve desenvolver 387cv de potência e 48,9kgfm de torque. De acordo com a AMG, “o segredo para extrair tanta potência de um motor com apenas 2 litros de deslocamento está na montagem invertida (com coletor de admissão na dianteira e o turbo e coletor na traseira, permitindo um fluxo mais direto dos gases), bem como no uso de camisas do cilindros revestidos com um material que permite um acabamento espelhado”. O motor ainda conta com um inovador sistema de injeção direta com dois estágios de operação. Apesar da inovação, o motor é produzido artesanalmente. Cada unidade é produzida nas diretrizes da filosofia “One Man, One Engine”, onde os componentes serão encaixados manualmente por um mesmo técnico, que deixa seu nome gravado em uma placa no bloco ao final da montagem. 


De acordo com a Mercedes, os modelos aceleram de 0 a 100km/h em menos de 4 segundos e possuem a velocidade máxima, limitada, em 270km/h. De acordo com a marca alemã, o Classe A acelera de 0 a 100km/h em 4 segundos na versão 45 AMG e 3,9 segundos na 45 S AMG. O CLA cumpre a prova em 4,1 e 4 segundos respectivamente, enquanto a Shooting Brake cumpre a mesma prova com os mesmos tempos do sedã. Ele são acoplados a um câmbio automático de dupla embreagem de 8 marchas AMG SPEEDSHIFT e contam com tração integral 4MATIC. Visualmente, o trio se destaca por trazer enormes entradas de ar nos para-choques dianteiro e pela grande vertical da AMG com doze filetes, com arcos de rodas alargados para abrir as rodas maiores, que variam de 18 a 19 polegadas. Completa o pacote as quatro saídas de escape com diâmetro de 82mm e 90mm na versão S. Há ainda detalhes aerodinâmicos espalhados pela carroceria e há um aerofólio específico para os modelos, dependendo da carroceria. No interior, as novidades ficam por conta dos bancos esportivos com costuras vermelhas, cintos de segurança e saída de ventilação com detalhes também nesta cor, logotipos exclusivos da AMG, volante próprio, pedais revestidos em aço escovado, entre outros. A versão S adiciona ainda detalhes em amarelo.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Iveco já testa nova geração do Daily no país, que pode chegar ainda em 2019 ao Brasil

Volkswagen deve apresentar Polo reestilizado em 2021, de acordo com sindicato

Curiosidades: Os modelos mais vendidos do Brasil em 1981!

Peugeot 1008 deve ser apresentado na Europa em 2020, com plataforma CMP

Renault Megane Sedan vem ao Brasil até final de 2019, com motor 1.3 12v TCe Flex de 170cv

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1996!

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1995!

Nova geração da Renault Oroch com Cabine Simples? Preparadora desenvolve picape do novo Dacia Duster