Skoda apresenta o reestilizado Superb com opção de motor híbrido na Europa


A Skoda apresentou na Europa a versão reestilizada do Superb, que passa a ser vendido com alterações visuais de meia-vida. Além do design, ele ganha em equipamentos e opção de motorização. Em relação ao antecessor, a linha 2020 passa a ser equipada com nova grade dianteira, maior, novo para-choque dianteiro, novos faróis com Matrix LED e novas luzes diurnas de LED. Na traseira, as novidades ficam por conta do para-choque com mudanças e as lanternas passam a ter novo layout interno com disposição em LED. Nas laterais, as novas rodas de liga leve compõem o pacote de novidades. Os novos faróis Full LED Matrix são usados pela primeira em um modelo da marca, e Full LED também nos faróis de neblina, além disso, as lanternas traseiras contam com luzes intermitentes dinâmicas. No interior, as novidades ficam por conta da nova central multimídia com tela de 9,2 polegadas, além de partida sem chave e o sistema de recarga por indução para smartphones. Os bancos e o acabamento passam por melhorias. De série ele ainda ganha controle de cruzeiro preditivo e o sistema de assistência de emergência para estradas de várias faixas, ambos sendo novidades absolutas na linha Skoda. 


Na mecânica, ele é mantido com os motores 1.6 TDI de 120cv, 2.0 TDI de 150cv ou 190cv e os motores a gasolina 1.5 TSI de 150cv, 2.0 TSI de 190cv ou 272cv, quase sempre com tração dianteira. A novidade fica por conta do 2.0 TDI de 190cv, que pode ser vendido com tração integral, assim como no 2.0 TSI de 272cv. O câmbio é automático de dupla embreagem DSG de 7 marchas ou manual de 6. O híbrido, batizado de Superb iV, conta com logotipo na traseira que identifica a versão e traz a tomada de recarga do motor elétrico na grade dianteira. No interior, o sedã híbrido traz central maior, com tela de 10,25 polegadas. O primeiro híbrido plug-in da Skoda conta com motor 1.4 TSI de 156cv de potência junto com um elétrico de 116cv (85kw), podendo chegar aos 218cv e 40kgfm de potência combinada. O câmbio é automático de dupla embreagem DSG de 6 marchas. Ele conta com bateria de íons de lítio de 13kWh que permite o sedã rodar 55km no modo elétrico, emitindo 40g/km de CO2. Para recarga da bateria, um Wallbox de 3.6kW, o tempo de carga é de somente 3 horas e 30 minutos, é a opção mais rápida.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Renegade é convocado para recall no airbag que envolve 37.723 unidades

Fiat Doblò passa a ser vendido em versão única, Weekend ganha ar-condicionado e Uno chegam a 2020

Ford faz limpa no site e Fiesta, Focus, Focus Fastback e caminhões somem do portal

Hyundai revela as primeiras imagens e informações da nova geração do HB20

Ford confirma presença no Salão de Frankfurt para apresentar seus utilitários esportivos

Mercado, maio de 2019: Ferrari quadruplica vendas, VW e Chery aceleram e Ford tropeça para 7º

Veteranos, Chevrolet Montana e Cobalt chegam a linha 2020 apenas com novos preços

JAC inicia pré-venda do caminhão leve elétrico iET1200 no Brasil por R$259.990

Fiat apresenta linha 2020 da Toro com versão Endurance Diesel, Endurance manual e nova central

Site diz que Ford desenvolve F-150 Raptor com motor V8 para ser lançada em 2020