Renault apresenta oficialmente o Arkana na Rússia, que chega no Brasil até 2021


A Renault apresentou oficialmente as primeiras informações do Arkana, que foi apresentado em sua versão de produção. O SUV médio cupê manteve quase o mesmo design do conceito homônimo, apresentado no Salão do Automóvel de Moscou de 2017. O SUV faz sua estreia na Rússia e pode ser produzido no Brasil em 2020, colocando a Renault no segmento que ainda não atua. Desenvolvido para mercados emergentes, o Arkana traz um design moderno e diferente do que estamos acostumados no segmento – coisa vista mais em carros premium, o que pode ser favorável para a Renault. Confortável no asfalto e com aptidões no offroad, a Renault espera que o Arkana capte consumidores de sedãs. Desenvolvido em conjunto com a matriz, o Arkana será produzido primeiro em Moscou, para depois chegar a outros mercados, com as adaptações apropriadas para cada país. Ele foi apresentado somente com a série especial Edition One, bem recheada de itens. O SUV passa a ser vendido com bancos de couro, faróis full-LED, acabamento cromado na carroceria, rodas de liga leve de 17”, central multimídia com tela de 8” e conexão Android Auto e Apple CarPlay, chave-cartão com acabamento vermelho, e sistema de som BOSE composto por 8 alto-falantes, um subwoofer e um amplificador digital. Terá somente 100 unidades disponíveis. Desenvolvido em parceria com todos os estúdios de design do mundo, com toque final desenvolvido pela matriz francesa, o Arkana segue a nova identidade visual da Renault. 


Maior que o Captur, o Arkana possui 4,545 metros de comprimento, 2,721 metros entre os eixos, 1,820 metro de largura e 1,565 metro de altura, ficando entre o Captur e o Koleos nos mercados onde a Renault não vende o Kadjar. O porta-malas de 508 litros pode ser ampliado para 1.333 litros com os bancos traseiros rebatidos. Com vão livre de 20,5cm, o Arkana possui vistosas rodas de 17 polegadas, com ângulo de entrada e saída de 21º e 26º respectivamente. Visualmente ele se destaca pelo console central voltado levemente para o condutor, junto com a central multimídia de 8”. Tem até iluminação ambiente com 8 opções de cor. Os bancos dianteiros tem ajuste de lombar e de altura, enquanto os traseiros trazem sistema de aquecimento. Desde a versão de entrada deve ser equipado com chave presencial, mantendo o formato de chave usado em outros carros da empresa, mas agora com acabamento estilizado. As portas são travadas automaticamente quando o motorista se afastar do veículo com a chave no bolso. Terá função também para acionar o motor pela chave a uma distância de até 200 metros. Na Rússia, o SUV terá sistema de tração 4x4 logo no lançamento, além da 4x2, com modos 2WD, Auto e Lock. Na mecânica ele deve ser vendido com motores 1.3 TCe de 150cv desenvolvido em parceria com a Daimler, que tem 25,5kgfm e com câmbio automático CVT X-Tronic. O consumo é de 14,2km/l e possui autonomia de 700km. Ainda terá uma versão de entrada com motor 1.6 16v a gasolina de 114cv, com câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 marchas. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Retrômobilismo #105: Edra Rancho TT, o jipe nacional que chegou quando os importados chamavam atenção!

Volkswagen Neo GTI pode desenvolver entre 306cv a 408cv de potência, segundo site

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1995!

Tushek apresenta o TS900h H Apex, híbrido que desenvolve 950cv de potência

Curiosidades: Carros de Fórmula 1 tem o sistema ABS?

Volkswagen deve apresentar Polo reestilizado em 2021, de acordo com sindicato

Mercedes-Benz lança oficialmente o Classe A Sedan no Brasil por R$139.900

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2001!