Novo Chevrolet Tracker, produzido no Brasil, deve abastecer todas as Américas


A Chevrolet do México confirmou que deve deixar de produzir o Trax e o Aveo deve deixar de vir da China. Calma, vamos explicar tudo. De acordo com o site Al Volante, a produção do novo Tracker e do Trax (rebatizado nos EUA e Canadá) nas Américas deve ficar somente com o Brasil, na unidade de São Caetano do Sul (SP). Com isso, o Tracker produzido aqui deve ser exportado para Estados Unidos, Canadá e toda região da América Latina. Atualmente produzido na unidade de San Luis Potosí, a informação teria sido revelada pelo governo mexicano. Com o acordo entre Brasil e Estados Unidos e o livre comércio entre Brasil e México, foram um dos motivos que fizeram com que a GM decidisse pela produção por aqui. Uma fonte do governo de San Luis Potosí ainda revelou que a GM que “certamente teremos outros anúncios importantes para o pleno funcionamento da fábrica que é um complexo industrial de atenção vital para nós”. O México ainda deve deixar de importar o Aveo da China e esse sedã será produzido no Brasil. Não será o Onix Sedan. De compacto, a Chevrolet produz depois o Prisma, que pode ser enviado para lá como Aveo. Ao que tudo indica, a GM tem as opções de descartar o nome Aveo no México e adotar o Prisma ou o nosso Prisma seja rebatizado de Aveo para ser vendido lá. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Renegade é convocado para recall no airbag que envolve 37.723 unidades

Fiat Doblò passa a ser vendido em versão única, Weekend ganha ar-condicionado e Uno chegam a 2020

Ford faz limpa no site e Fiesta, Focus, Focus Fastback e caminhões somem do portal

Ford confirma presença no Salão de Frankfurt para apresentar seus utilitários esportivos

Hyundai revela as primeiras imagens e informações da nova geração do HB20

Mercado, maio de 2019: Ferrari quadruplica vendas, VW e Chery aceleram e Ford tropeça para 7º

Site diz que Ford desenvolve F-150 Raptor com motor V8 para ser lançada em 2020

VW Golf GTE deve ser vendido em lote de apenas 99 unidades para receptividade de eletrificados

Veteranos, Chevrolet Montana e Cobalt chegam a linha 2020 apenas com novos preços

Volkswagen apresenta Jetta GLI no país, com 230cv de potência, por R$144.990