Prêmio MEGAFONE 2019: novo Citroën C4 Lounge, nova Volvo V60 e Volkswagen Virtus vencem em suas categorias


O ano de 2018 foi o ano da retomada do mercado nacional e com eles vieram lançamentos interessantes e que movimentaram a lista dos carros mais vendidos em nosso mercado. Depois de quatro meses de competição e de três fases eliminatórias, o Prêmio MegaFone 2019 fechou com os três vencedores das nossas três etapas: Face-Lift do Ano, Nova Geração do Ano e Novidade do Ano. A nossa meta não é ditar qual o lançamento mais caro, mais luxuoso, mas sim aquele que trouxe mais evolução aos olhos dos consumidores ou aquele que se destacou da concorrência. Na edição desse ano, 83 novidades disputaram a primeira fase e tentaram a sorte para conseguir se manter na segunda e terceiras fases. A edição desse ano teve uma competição bastante parelha no quesito quantidade de novidades em cada categoria. A categoria Face-Lift do Ano manteve a liderança, com 32 concorrentes, seguido da categoria Novidades do Ano com 31 integrantes e de Nova Geração do Ano com 20 concorrentes, números bem maiores que os 18, 15 e 11 respectivamente da edição anterior.


Face-Lift do Ano


O ano parecia ter bastante novidades interessantes e que poderiam levar o prêmio. A disputa final ficou entre Volkswagen Golf Variant, Honda City, Jaguar F-Type, Citroën C4 Lounge e Subaru WRX. Os cinco finalistas de um total de 32 carros que começaram a disputa. Lançado em 2013, o Citroën C4 Lounge mudou somente no ano passado com as mudanças do modelo chinês. Ele trouxe novo conjuntos de faróis e grade, com lentes complexas com frisos cromados integrados ao desenho da grade. O para-choque foi revisto. Na traseira, as lanternas são as mesmas, mas com lentes escurecidas. O protetor também foi redesenhado, acompanhando o estilo frontal. Novas rodas foram adicionadas. Com novos para-choque dianteiro e traseiro, o sedã acabou ganhando 5 centímetros e agora passa a medir 4,67 metros de comprimento, enquanto a largura ganhou 1 centímetro, chegando em 1,78 metro. No interior, apenas novos botões no volante multifuncional, novos comandos para o sistema multimídia e uma alavanca de câmbio redesenhada. Porém a grande cartada do C4 Lounge será oferecer o quadro de instrumentos com uma tela digital, com elementos brancos. Recebeu a central multimídia com tela de 7” usada em modelos mais atuais da empresa. A motorização é a conhecidíssima 1.6 THP Flex que desenvolve 173/166cv de potência com torque de 24,5kgfm com etanol e gasolina, acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades. Desenvolvido pela Aisin, ele trabalha melhor no modo Sport, com trocas de marcha mais rápidas e reduções mais espertas. No modo Normal, pode ser um pouco lento para entender o que o motorista quer.

Primeira Fase
CHAVE 01
- JAC T50: 33,3%
- Ford Ka Sedan: 66,7%

CHAVE 02
- Mitsubishi Outlander: 55,6%
- Kia Grand Carnival: 44,4%

CHAVE 03
- Volkswagen Golf: 44,4%
- Mercedes-Benz Classe C: 55,6%

CHAVE 04
- Hyundai HB20S: 55,6%
- Volkswagen Gol: 44,4%

CHAVE 05
- Mitsubishi ASX: 11,1%
- Volkswagen Golf Variant: 88,9%

CHAVE 06
- RAM 2500: 22,2%
- Citroën C4 Lounge: 77,8%

CHAVE 07
- Subaru Outback: 77,8%
- Hyundai HB20: 22,2%

CHAVE 08
- Ford Ka: 55,6%
- Suzuki Vitara: 44,4%

CHAVE 09
- Land Rover Range Rover Vogue: 66,7%
- BMW Série 2: 33,3%

CHAVE 10
- BMW i3: 77,8%
- Toyota Hilux: 22,2%

CHAVE 11
- Land Rover Range Rover Sport: 44,4%
- Kia Sportage: 55,6%

CHAVE 12
- Subaru WRX: 55,6%
- Kia Sorento: 44,4%

CHAVE 13
- MINI Cooper: 55,6%
- Jeep Renegade: 44,4%

CHAVE 14
- Honda HR-V: 88,9%
- Volkswagen Voyage: 11,1%

CHAVE 15
- Jaguar F-Type: 55,6%
- Chevrolet Spin: 44,4%

CHAVE 16
- Honda City: 66,7%
- TAC Stark: 33,3%


Segunda Fase
CHAVE 01
- Mercedes-Benz Classe C: 16,7%
- Honda HR-V: 16,7%
- Volkswagen Golf Variant: 41,7%
- Mitsubishi Outlander: 25%

CHAVE 02
- Honda City: 33,3%
- MINI Cooper: 25%
- BMW i3: 8,3%
- Jaguar F-Type: 33,3%

CHAVE 03
- Ford Ka: 25%
- Citroën C4 Lounge: 41,7%
- Subaru Outback: 16,7%
- Kia Sportage: 16,7%

CHAVE 04
- Ford Ka Sedan: 33,3%
- Hyundai HB20S: 8,3%
- Land Rover Range Rover Vogue: 16,7%
- Subaru WRX: 41,7%


Terceira Fase
1º Citroën C4 Lounge: 66,7%
2º Volkswagen Golf Variant: 33,3%
3º Honda City, Jaguar F-Type e Subaru WRX: 0%


_ _ _

Nova Geração do Ano


Com uma lista interessante de competidores, as novas gerações de 2018 fizeram com que se criasse uma expectativa sobre o vencedor da edição 2019 do MegaFone. A final uniu carros com propostas bem diferentes como Honda Civic Si, Volkswagen Tiguan, Volkswagen Jetta, Mitsubishi Pajero Sport e a campeã Volvo V60. A station wagon trouxe um design fluído e que causa suspiros por onde passa, a nova filosofia chamada de “martelo de Thor” da Volvo aparecem também na nova geração, com destaque para a nova grade dianteira bem larga e se torna uma opção mais atraente e sofisticada que os SUVs da própria marca. Na traseira, as lanternas lembram muito às da V90, formando uma espécie de “L”. No interior, a nova V60 conta com design minimalista e aposta numa central multimídia de 9 polegadas na vertical, que possui comandos também do ar-condicionado. O espaço interno é amplo, com bom espaço para pernas e cabeça, embora quem sente no meio possa se sentir mais desconfortável por causa do túnel central elevado. O ganho no espaço interno também vem da plataforma modular SPA. O porta-malas da V60 2019 agora cresceu 99 litros e chega a 529 litros de capacidade e rebatendo os bancos pode chegar a 1.364 litros. É o maior espaço interno do segmento, quando comparada com Audi A4 Avant e Mercedes-Benz Classe C Estate. Ela conta com a central multimídia Sensus Connect numa tela vertical de 9 polegadas que reproduz a visualização de um tablet, inclusive com o fundo branco, característico do dispositivo móvel. Ela vem com Google Android Auto e Apple Car Play, bem como navegador GPS e conexão com serviços remotos através de smartphone ou SIM Card.


Primeira Fase
CHAVE 01
- Lexus LS: 88,9%
- Peugeot Boxer: 11,1%

CHAVE 02
- BMW X3: 22,2%
- Mercedes-Benz Classe A: 77,8%

CHAVE 03
- Volkswagen Jetta: 77,8%
- Citroën Jumper: 22,2%

CHAVE 04
- Honda Civic Si: 77,8%
- Kia Picanto: 22,2%

CHAVE 05
- Mercedes-Benz Classe G: 11,1%
- Volvo V60: 88,9%

CHAVE 06
- Honda Accord: 77,8%
- Mercedes-Benz CLS: 22,2%

CHAVE 07
- Honda CR-V: 33,3%
- Mitsubishi Pajero Sport: 66,7%

CHAVE 08
- Lexus ES: 44,4%
- Porsche Cayenne: 55,6%

CHAVE 09
- Fiat Ducato: 11,1%
- Volkswagen Tiguan: 88,9%

CHAVE 10
- Mercedes-Benz Classe E Cabriolet: 33,3%
- Subaru XV: 66,7%


Segunda Fase
CHAVE 01
- Honda Civic Si: 58,3%
- Porsche Cayenne: 41,7%

CHAVE 02
- Mercedes-Benz Classe A: 25%
- Volkswagen Tiguan: 75%

CHAVE 03
- Honda Accord: 25%
- Volvo V60: 75%

CHAVE 04
- Volkswagen Jetta: 75%
- Subaru XV: 25%

CHAVE 05
- Lexus LS: 41,7%
- Mitsubishi Pajero Sport: 58,3%


Terceira Fase
1º Volvo V60: 66,7%
2º Volkswagen Jetta: 33,3%
3º Honda Civic Si, Volkswagen Tiguan e Mitsubishi Pajero Sport: 0%


_ _ _

Novidade do Ano


Com muitas novidades no ano passado, a nível de quase ultrapassar a quantidade de carros da categoria Face-Lift do Ano, o ano de 2018 trouxe competividade acima de tudo. Novos carros de novas marcas, além de novas marcas, chegaram ao mercado para movimentar a competição – o que é muito bom. A final ficou entre Citroën C4 Cactus, Volvo XC40, Volkswagen Virtus e Chery Tiggo5X. O campeão de 2019 ficou com o único não SUV da competição: o Volkswagen Virtus. Substituto do antigo Polo Sedan, o Virtus ganha personalidade própria com um nome disvinculado ao do hatch que origina. O sedã deve concorrer diretamente com Ford New Fiesta Sedan, Chevrolet Cobalt, Honda City, Kia Rio Sedan, Toyota Vios e Fiat Cronos. O Virtus traz diferenças em relação ao hatch, principalmente no quesito dimensões. Você deve pensar: "claro, é um sedã!". Calma. O Virtus possui um entre-eixos alongado em relação ao hatch. São 2,65 metros de entre-eixos conta 2,56 metros do Polo, quase 10cm de diferença. No comprimento, são 4,48 metros, com espaço no porta-malas de 521 litros, altura de 1,46 metro de 1,75 metro de largura. No design externo, o Virtus possui o mesmo design do Polo na dianteira, assim como o interior, no painel. O sedã também deve ser equipado com painel totalmente digital Active Info Display de 10,25 polegadas e os sistemas de infotainment, com o topo sistema Discover Media com tela sensível ao toque de 8 polegadas, além de três entradas USB e as plataformas Mirrorlink, Apple CarPlay e Android Auto integradas. A traseira do Virtus apresenta a nova filosofia da Volkswagen, com lanternas finas e com LEDs, invadindo a tampa do porta-malas. O para-choque traseiro possui um friso cromado em sua base inferior e a placa fica na tampa do porta-malas. Construído sobre a plataforma MQB-A0, o sedã foi apresentado com motor 1.0 12v TSI200 de 128/116cv de potência e 20,4kgfm de torque, que acelera de 0 a 100km/h em 9,9 segundos com Etanol, segundo a VW, com velocidade máxima de 194km/h. As versões mais simples devem ser vendidas ainda com motor 1.6 MSI Flex que desenvolve 117/110cv de potência com torque de 16,5/15,8kgfm, acoplado apenas com câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 marchas.


Primeira Fase
CHAVE 01
- Citroën Berlingo: 11,1%
- SsangYong Korando: 33,3%
- Chery Tiggo5X: 55,6%

CHAVE 02
- SsangYong Actyon Sports: 22,2%
- McLaren 570S/570S Spider/570GT: 77,8%

CHAVE 03
- Kia Stinger: 44,4%
- Lamborghini Urus: 55,6%

CHAVE 04
- McLaren Senna: 44,4%
- Mercedes-Benz AMG GT4: 55,6%

CHAVE 05
- Toyota Yaris Sedan: 44,4%
- SsangYong Tivoli/XLV: 55,6%

CHAVE 06
- Volkswagen Virtus: 66,7%
- Jaguar E-Pace: 33,3%

CHAVE 07
- Citroën C4 Cactus: 66,7%
- Volvo S90: 33,3%

CHAVE 08
- Toyota Yaris: 44,4%
- Chery Arrizo5: 55,6%

CHAVE 09
- McLaren 540C: 55,6%
- Ferrari GTC4Lusso: 44,4%

CHAVE 10
- BMW X2: 66,7%
- Chery Tiggo2: 33,3%

CHAVE 11
- Volkswagen Delivery Express: 33,3%
- Lifan X80: 66,7%

CHAVE 12
- Mitsubishi Eclipse Cross: 33,3%
- Ford Mustang: 66,7%

CHAVE 13
- Volvo XC40: 55,6%
- Rolls-Royce Cullinan: 44,4%

CHAVE 14
- Peugeot 5008: 77,8%
- Fiat Cronos: 22,2%

CHAVE 15
- McLaren 720S: 66,7%
- Ferrari Portofino: 33,3%


Segunda Fase
CHAVE 01
- Citroën C4 Cactus: 25%
- Ford Mustang: 16,7%
- McLaren 570S: 16,7%
- Volvo XC40: 25%
- Peugeot 5008: 16,7%

CHAVE 02
- BMW X2: 8,3%
- Volkswagen Virtus: 41,7%
- McLaren 720S: 33,3%
- Lifan X80: 16,7%
- SsangYong Tivoli/XLV: 0%

CHAVE 03
- Chery Tiggo5X: 33,3%
- Lamborghini Urus: 25%
- Mercedes-Benz AMG GT4: 8,3%
- McLaren 540C: 25%
- Chery Arrizo5: 8,3%


Terceira Fase
1º Volkswagen Virtus: 66,7%
2º Volvo XC40: 33,3%
3º Citroën C4 Cactus e Chery Tiggo5X: 0%


_ _ _


HISTÓRICO
2016: Prêmio MegaFone 2016
2017: Prêmio MegaFone 2017
2018: Prêmio MegaFone 2018

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Volkswagen deve apresentar Polo reestilizado em 2021, de acordo com sindicato

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Peugeot 1008 deve ser apresentado na Europa em 2020, com plataforma CMP

Renault Megane Sedan vem ao Brasil até final de 2019, com motor 1.3 12v TCe Flex de 170cv

Nova geração do Nissan Sentra estreia em meados de 2019 com forte inspiração no novo Altima

Ford revela seus planos até 2022: novo Ka em 2021, nova EcoSport em 2019 e novo Focus e Fiesta em 2017

Curiosidades: Os veículos mais vendidos do Brasil em 1998!

Iveco já testa nova geração do Daily no país, que pode chegar ainda em 2019 ao Brasil

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1995!