Prêmio MEGAFONE 2019: novo Citroën C4 Lounge, nova Volvo V60 e Volkswagen Virtus vencem em suas categorias


O ano de 2018 foi o ano da retomada do mercado nacional e com eles vieram lançamentos interessantes e que movimentaram a lista dos carros mais vendidos em nosso mercado. Depois de quatro meses de competição e de três fases eliminatórias, o Prêmio MegaFone 2019 fechou com os três vencedores das nossas três etapas: Face-Lift do Ano, Nova Geração do Ano e Novidade do Ano. A nossa meta não é ditar qual o lançamento mais caro, mais luxuoso, mas sim aquele que trouxe mais evolução aos olhos dos consumidores ou aquele que se destacou da concorrência. Na edição desse ano, 83 novidades disputaram a primeira fase e tentaram a sorte para conseguir se manter na segunda e terceiras fases. A edição desse ano teve uma competição bastante parelha no quesito quantidade de novidades em cada categoria. A categoria Face-Lift do Ano manteve a liderança, com 32 concorrentes, seguido da categoria Novidades do Ano com 31 integrantes e de Nova Geração do Ano com 20 concorrentes, números bem maiores que os 18, 15 e 11 respectivamente da edição anterior.


Face-Lift do Ano


O ano parecia ter bastante novidades interessantes e que poderiam levar o prêmio. A disputa final ficou entre Volkswagen Golf Variant, Honda City, Jaguar F-Type, Citroën C4 Lounge e Subaru WRX. Os cinco finalistas de um total de 32 carros que começaram a disputa. Lançado em 2013, o Citroën C4 Lounge mudou somente no ano passado com as mudanças do modelo chinês. Ele trouxe novo conjuntos de faróis e grade, com lentes complexas com frisos cromados integrados ao desenho da grade. O para-choque foi revisto. Na traseira, as lanternas são as mesmas, mas com lentes escurecidas. O protetor também foi redesenhado, acompanhando o estilo frontal. Novas rodas foram adicionadas. Com novos para-choque dianteiro e traseiro, o sedã acabou ganhando 5 centímetros e agora passa a medir 4,67 metros de comprimento, enquanto a largura ganhou 1 centímetro, chegando em 1,78 metro. No interior, apenas novos botões no volante multifuncional, novos comandos para o sistema multimídia e uma alavanca de câmbio redesenhada. Porém a grande cartada do C4 Lounge será oferecer o quadro de instrumentos com uma tela digital, com elementos brancos. Recebeu a central multimídia com tela de 7” usada em modelos mais atuais da empresa. A motorização é a conhecidíssima 1.6 THP Flex que desenvolve 173/166cv de potência com torque de 24,5kgfm com etanol e gasolina, acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades. Desenvolvido pela Aisin, ele trabalha melhor no modo Sport, com trocas de marcha mais rápidas e reduções mais espertas. No modo Normal, pode ser um pouco lento para entender o que o motorista quer.

Primeira Fase
CHAVE 01
- JAC T50: 33,3%
- Ford Ka Sedan: 66,7%

CHAVE 02
- Mitsubishi Outlander: 55,6%
- Kia Grand Carnival: 44,4%

CHAVE 03
- Volkswagen Golf: 44,4%
- Mercedes-Benz Classe C: 55,6%

CHAVE 04
- Hyundai HB20S: 55,6%
- Volkswagen Gol: 44,4%

CHAVE 05
- Mitsubishi ASX: 11,1%
- Volkswagen Golf Variant: 88,9%

CHAVE 06
- RAM 2500: 22,2%
- Citroën C4 Lounge: 77,8%

CHAVE 07
- Subaru Outback: 77,8%
- Hyundai HB20: 22,2%

CHAVE 08
- Ford Ka: 55,6%
- Suzuki Vitara: 44,4%

CHAVE 09
- Land Rover Range Rover Vogue: 66,7%
- BMW Série 2: 33,3%

CHAVE 10
- BMW i3: 77,8%
- Toyota Hilux: 22,2%

CHAVE 11
- Land Rover Range Rover Sport: 44,4%
- Kia Sportage: 55,6%

CHAVE 12
- Subaru WRX: 55,6%
- Kia Sorento: 44,4%

CHAVE 13
- MINI Cooper: 55,6%
- Jeep Renegade: 44,4%

CHAVE 14
- Honda HR-V: 88,9%
- Volkswagen Voyage: 11,1%

CHAVE 15
- Jaguar F-Type: 55,6%
- Chevrolet Spin: 44,4%

CHAVE 16
- Honda City: 66,7%
- TAC Stark: 33,3%


Segunda Fase
CHAVE 01
- Mercedes-Benz Classe C: 16,7%
- Honda HR-V: 16,7%
- Volkswagen Golf Variant: 41,7%
- Mitsubishi Outlander: 25%

CHAVE 02
- Honda City: 33,3%
- MINI Cooper: 25%
- BMW i3: 8,3%
- Jaguar F-Type: 33,3%

CHAVE 03
- Ford Ka: 25%
- Citroën C4 Lounge: 41,7%
- Subaru Outback: 16,7%
- Kia Sportage: 16,7%

CHAVE 04
- Ford Ka Sedan: 33,3%
- Hyundai HB20S: 8,3%
- Land Rover Range Rover Vogue: 16,7%
- Subaru WRX: 41,7%


Terceira Fase
1º Citroën C4 Lounge: 66,7%
2º Volkswagen Golf Variant: 33,3%
3º Honda City, Jaguar F-Type e Subaru WRX: 0%


_ _ _

Nova Geração do Ano


Com uma lista interessante de competidores, as novas gerações de 2018 fizeram com que se criasse uma expectativa sobre o vencedor da edição 2019 do MegaFone. A final uniu carros com propostas bem diferentes como Honda Civic Si, Volkswagen Tiguan, Volkswagen Jetta, Mitsubishi Pajero Sport e a campeã Volvo V60. A station wagon trouxe um design fluído e que causa suspiros por onde passa, a nova filosofia chamada de “martelo de Thor” da Volvo aparecem também na nova geração, com destaque para a nova grade dianteira bem larga e se torna uma opção mais atraente e sofisticada que os SUVs da própria marca. Na traseira, as lanternas lembram muito às da V90, formando uma espécie de “L”. No interior, a nova V60 conta com design minimalista e aposta numa central multimídia de 9 polegadas na vertical, que possui comandos também do ar-condicionado. O espaço interno é amplo, com bom espaço para pernas e cabeça, embora quem sente no meio possa se sentir mais desconfortável por causa do túnel central elevado. O ganho no espaço interno também vem da plataforma modular SPA. O porta-malas da V60 2019 agora cresceu 99 litros e chega a 529 litros de capacidade e rebatendo os bancos pode chegar a 1.364 litros. É o maior espaço interno do segmento, quando comparada com Audi A4 Avant e Mercedes-Benz Classe C Estate. Ela conta com a central multimídia Sensus Connect numa tela vertical de 9 polegadas que reproduz a visualização de um tablet, inclusive com o fundo branco, característico do dispositivo móvel. Ela vem com Google Android Auto e Apple Car Play, bem como navegador GPS e conexão com serviços remotos através de smartphone ou SIM Card.


Primeira Fase
CHAVE 01
- Lexus LS: 88,9%
- Peugeot Boxer: 11,1%

CHAVE 02
- BMW X3: 22,2%
- Mercedes-Benz Classe A: 77,8%

CHAVE 03
- Volkswagen Jetta: 77,8%
- Citroën Jumper: 22,2%

CHAVE 04
- Honda Civic Si: 77,8%
- Kia Picanto: 22,2%

CHAVE 05
- Mercedes-Benz Classe G: 11,1%
- Volvo V60: 88,9%

CHAVE 06
- Honda Accord: 77,8%
- Mercedes-Benz CLS: 22,2%

CHAVE 07
- Honda CR-V: 33,3%
- Mitsubishi Pajero Sport: 66,7%

CHAVE 08
- Lexus ES: 44,4%
- Porsche Cayenne: 55,6%

CHAVE 09
- Fiat Ducato: 11,1%
- Volkswagen Tiguan: 88,9%

CHAVE 10
- Mercedes-Benz Classe E Cabriolet: 33,3%
- Subaru XV: 66,7%


Segunda Fase
CHAVE 01
- Honda Civic Si: 58,3%
- Porsche Cayenne: 41,7%

CHAVE 02
- Mercedes-Benz Classe A: 25%
- Volkswagen Tiguan: 75%

CHAVE 03
- Honda Accord: 25%
- Volvo V60: 75%

CHAVE 04
- Volkswagen Jetta: 75%
- Subaru XV: 25%

CHAVE 05
- Lexus LS: 41,7%
- Mitsubishi Pajero Sport: 58,3%


Terceira Fase
1º Volvo V60: 66,7%
2º Volkswagen Jetta: 33,3%
3º Honda Civic Si, Volkswagen Tiguan e Mitsubishi Pajero Sport: 0%


_ _ _

Novidade do Ano


Com muitas novidades no ano passado, a nível de quase ultrapassar a quantidade de carros da categoria Face-Lift do Ano, o ano de 2018 trouxe competividade acima de tudo. Novos carros de novas marcas, além de novas marcas, chegaram ao mercado para movimentar a competição – o que é muito bom. A final ficou entre Citroën C4 Cactus, Volvo XC40, Volkswagen Virtus e Chery Tiggo5X. O campeão de 2019 ficou com o único não SUV da competição: o Volkswagen Virtus. Substituto do antigo Polo Sedan, o Virtus ganha personalidade própria com um nome disvinculado ao do hatch que origina. O sedã deve concorrer diretamente com Ford New Fiesta Sedan, Chevrolet Cobalt, Honda City, Kia Rio Sedan, Toyota Vios e Fiat Cronos. O Virtus traz diferenças em relação ao hatch, principalmente no quesito dimensões. Você deve pensar: "claro, é um sedã!". Calma. O Virtus possui um entre-eixos alongado em relação ao hatch. São 2,65 metros de entre-eixos conta 2,56 metros do Polo, quase 10cm de diferença. No comprimento, são 4,48 metros, com espaço no porta-malas de 521 litros, altura de 1,46 metro de 1,75 metro de largura. No design externo, o Virtus possui o mesmo design do Polo na dianteira, assim como o interior, no painel. O sedã também deve ser equipado com painel totalmente digital Active Info Display de 10,25 polegadas e os sistemas de infotainment, com o topo sistema Discover Media com tela sensível ao toque de 8 polegadas, além de três entradas USB e as plataformas Mirrorlink, Apple CarPlay e Android Auto integradas. A traseira do Virtus apresenta a nova filosofia da Volkswagen, com lanternas finas e com LEDs, invadindo a tampa do porta-malas. O para-choque traseiro possui um friso cromado em sua base inferior e a placa fica na tampa do porta-malas. Construído sobre a plataforma MQB-A0, o sedã foi apresentado com motor 1.0 12v TSI200 de 128/116cv de potência e 20,4kgfm de torque, que acelera de 0 a 100km/h em 9,9 segundos com Etanol, segundo a VW, com velocidade máxima de 194km/h. As versões mais simples devem ser vendidas ainda com motor 1.6 MSI Flex que desenvolve 117/110cv de potência com torque de 16,5/15,8kgfm, acoplado apenas com câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 marchas.


Primeira Fase
CHAVE 01
- Citroën Berlingo: 11,1%
- SsangYong Korando: 33,3%
- Chery Tiggo5X: 55,6%

CHAVE 02
- SsangYong Actyon Sports: 22,2%
- McLaren 570S/570S Spider/570GT: 77,8%

CHAVE 03
- Kia Stinger: 44,4%
- Lamborghini Urus: 55,6%

CHAVE 04
- McLaren Senna: 44,4%
- Mercedes-Benz AMG GT4: 55,6%

CHAVE 05
- Toyota Yaris Sedan: 44,4%
- SsangYong Tivoli/XLV: 55,6%

CHAVE 06
- Volkswagen Virtus: 66,7%
- Jaguar E-Pace: 33,3%

CHAVE 07
- Citroën C4 Cactus: 66,7%
- Volvo S90: 33,3%

CHAVE 08
- Toyota Yaris: 44,4%
- Chery Arrizo5: 55,6%

CHAVE 09
- McLaren 540C: 55,6%
- Ferrari GTC4Lusso: 44,4%

CHAVE 10
- BMW X2: 66,7%
- Chery Tiggo2: 33,3%

CHAVE 11
- Volkswagen Delivery Express: 33,3%
- Lifan X80: 66,7%

CHAVE 12
- Mitsubishi Eclipse Cross: 33,3%
- Ford Mustang: 66,7%

CHAVE 13
- Volvo XC40: 55,6%
- Rolls-Royce Cullinan: 44,4%

CHAVE 14
- Peugeot 5008: 77,8%
- Fiat Cronos: 22,2%

CHAVE 15
- McLaren 720S: 66,7%
- Ferrari Portofino: 33,3%


Segunda Fase
CHAVE 01
- Citroën C4 Cactus: 25%
- Ford Mustang: 16,7%
- McLaren 570S: 16,7%
- Volvo XC40: 25%
- Peugeot 5008: 16,7%

CHAVE 02
- BMW X2: 8,3%
- Volkswagen Virtus: 41,7%
- McLaren 720S: 33,3%
- Lifan X80: 16,7%
- SsangYong Tivoli/XLV: 0%

CHAVE 03
- Chery Tiggo5X: 33,3%
- Lamborghini Urus: 25%
- Mercedes-Benz AMG GT4: 8,3%
- McLaren 540C: 25%
- Chery Arrizo5: 8,3%


Terceira Fase
1º Volkswagen Virtus: 66,7%
2º Volvo XC40: 33,3%
3º Citroën C4 Cactus e Chery Tiggo5X: 0%


_ _ _


HISTÓRICO
2016: Prêmio MegaFone 2016
2017: Prêmio MegaFone 2017
2018: Prêmio MegaFone 2018

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Frankfurt, BMW confirma Série 8, X7 e Z4 para 2018 na Europa e em 2019 para o Brasil

Motores 1.0 e 1.4 EVO da Fiat devem se despedir do mercado a partir do segundo semestre desse ano!

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Renault Megane Sedan vem ao Brasil até final de 2019, com motor 1.3 12v TCe Flex de 170cv

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1995!

Retrômobilismo#85: Linha de picapes Série 10/20 é considerada a melhor "pickup" que a Chevrolet já produziu!

Curiosidades: Os veículos mais vendidos do Brasil em 1998!

Curiosidades: Carros de Fórmula 1 tem o sistema ABS?