Segundo Ford, minivans C-MAX e Grand C-MAX saem de linha em agosto na Europa


Depois de confirmar o fim, a Ford retirou de linha as minivans C-MAX e Grand C-MAX de linha na Europa. Fazendo uma limpa em seu lineup global, a Ford confirmou a desistência das minivans no Velho Continente após a queda nas vendas de ambas. Depois do fim da B-MAX para abrir espaço para o EcoSport, a linha C-MAX sai de cena para dar mais espaço a nova geração do Escape. Derivadas do Focus, as minivans devem sair de linha em agosto deste ano. O fim de ambas estaria diretamente ligado as baixas vendas, além da pouca rentabilidade e da canibalização que ambas sofreram com o lançamento dos SUVs. A Ford confirmou que deve investir apenas em carros de maior valor agregado. Em sua segunda geração, C-MAX e Grand C-MAX era derivadas da antiga geração do Focus e estavam em linha na Europa desde 2002. A atual geração foi apresentada em 2010 e reestilizada em 2015. Até o momento, a Ford confirmou que deve se manter em linha no segmento de minivans com S-MAX e Galaxy, que permanecem em produção na Europa – por enquanto.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Subaru se despede do WRX STi na Espanha com série especial Final Edition

Nova geração do Hyundai HB20 pode substituir 1.6 16v e 1.0 Turbo pelo 1.0 12v TGDI

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Grupo VAG e PSA estariam interessados em comprar Jaguar-Land Rover da Tata

Volkswagen confirma que Tarek terá início da produção atrasada, na Argentina

Mercedes-Benz revela eSprinter em testes de durabilidade de componentes na Suécia

Volkswagen estuda desenvolver um Golf R Plus com 400cv na oitava geração

Subaru convoca recall de Legacy GT e Outback no Brasil com defeito no airbag

Volkswagen Gol, Voyage e Saveiro chegam à linha 2020 com pequenas novidades

Toyota e Suzuki cancelam o desenvolvimento de sedã baseado no Toyota Corolla