Segundo Ford, minivans C-MAX e Grand C-MAX saem de linha em agosto na Europa


Depois de confirmar o fim, a Ford retirou de linha as minivans C-MAX e Grand C-MAX de linha na Europa. Fazendo uma limpa em seu lineup global, a Ford confirmou a desistência das minivans no Velho Continente após a queda nas vendas de ambas. Depois do fim da B-MAX para abrir espaço para o EcoSport, a linha C-MAX sai de cena para dar mais espaço a nova geração do Escape. Derivadas do Focus, as minivans devem sair de linha em agosto deste ano. O fim de ambas estaria diretamente ligado as baixas vendas, além da pouca rentabilidade e da canibalização que ambas sofreram com o lançamento dos SUVs. A Ford confirmou que deve investir apenas em carros de maior valor agregado. Em sua segunda geração, C-MAX e Grand C-MAX era derivadas da antiga geração do Focus e estavam em linha na Europa desde 2002. A atual geração foi apresentada em 2010 e reestilizada em 2015. Até o momento, a Ford confirmou que deve se manter em linha no segmento de minivans com S-MAX e Galaxy, que permanecem em produção na Europa – por enquanto.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Renault Megane Sedan vem ao Brasil até final de 2019, com motor 1.3 12v TCe Flex de 170cv

FCA revela mais informações do novo motor 1.3 Firefly Turbo movido somente a Etanol

Após polêmica, Hyundai revela oficialmente a traseira da nova geração do HB20S

Mercedes-Benz lança oficialmente o Classe A Sedan no Brasil por R$139.900

Novo Chevrolet Tracker chega no 1º trimestre de 2020 com motores 1.0 e 1.2 Turbo

Irmão menor do Jeep Renegade deve ser apresentado dentro de cinco anos

Novo Nissan March só deve ser lançado até 2022 no Brasil, de acordo com revista

Depois do fracasso da fusão com nipo-franceses, FCA aposta alto investimento em elétricos

LatinNCAP testa Fiat Argo/Cronos e Toyota Etios Hatch/Etios Sedan em nova bateria

Mitsubishi estuda retorno do Lancer e do icônico Evolution em sua forma original