Renault-Nissan-Mitsubishi pode criar fusão com a Fiat-Chrysler dentro de um ano


Parceiras estão em alta no cenário automotivo. Cada vez mais comum, grandes grupos tem unido forças para desenvolver carros e tecnologias. De acordo com um artigo publicado no Automotive News Europe, a RNM está conversando com uma possível fusão com a FCA. A informação vem de uma notícia publicada pelo Financial Times, que cita fontes anônimas que estariam cientes do acordo entre os dois grandes grupos automotivos. A conversa da Renault-Nissan-Mitsubishi com a Fiat-Chrysler não é algo novo. Quando era CEO da RNM, Carlos Ghosn, disse que a união das duas empresas seria irreversível. Atualmente a Nissan tem ações da Renault e a francesa tem ações da japonesa. A parte de incluir a FCA nesse sentido é algo inédito. O ex-CEO da FCA, Sergio Marchionne, falou diversas vezes sobre buscar novos parceiros, flertando com GM e Volkswagen. A fusão deve ser afirmada dentro de 12 meses para criar uma fabricante grande o suficiente para concorrer com Toyota e Volkswagen. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Subaru se despede do WRX STi na Espanha com série especial Final Edition

Nova geração do Hyundai HB20 pode substituir 1.6 16v e 1.0 Turbo pelo 1.0 12v TGDI

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Volkswagen confirma que Tarek terá início da produção atrasada, na Argentina

Volkswagen Jetta GLI deve ser lançado em maio na América Latina; Brasil está na fila

Geely inicia construção de nova fábrica da Lotus, na China, na província de Hubei

Grupo VAG e PSA estariam interessados em comprar Jaguar-Land Rover da Tata

Nova geração da Toyota Hilux terá mesma plataforma F1 de Tacoma e Tundra

Mercedes-Benz revela eSprinter em testes de durabilidade de componentes na Suécia

Volkswagen estuda desenvolver um Golf R Plus com 400cv na oitava geração