Nova geração do Nissan Altima e registrada em patente no Brasil, mas não vem


Revelado no Salão de Nova Iorque de 2018, a Nissan está registrando em patente a nova geração do Altima no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). A novidade não deve ser vendida em nosso mercado, mas o belo sedã deve ter suas linhas preservadas no registro de patentes. Com 25 anos de mercado, o Altima chega a linha 2019 em sua sexta geração. O destaque do sedã é seu design bem mais atraente, inaugurando a filosofia de design Vmotion 2.0 Antecipado pelo conceito de mesmo nome, o sedã ainda traz tecnologias de condução semi-autônoma. Nessa tecnologia, ele traz visão Nissan Intelligent Mobility, com foco no sistema ProPilot Assist de condução semiautônoma capaz de controlar a aceleração, direção e frenagem em certas condições de trânsito, como na estrada em pista única. Há também sistema de frenagem automática traseira, que ajuda a detectar objetos ao estacionar e freia automaticamente para evitar uma colisão. Ele ainda tem sistema de frenagem automática de emergência com detecção de pedestres, aviso de saída de faixa e de ponto cego, alerta de tráfego cruzado traseiro e assistente de farol alto. No design, destaque para a dianteira com design bem baixo e faróis afilados. Os faróis ainda vão ao encontro da grande grade dianteira em V. Nas laterais, destaque para o design dos vidros laterais, que lembra muito o usado por Micra e Kicks com um detalhe que liga os vidros laterais ao vidro traseiro, enquanto as lanternas horizontais invadem a tampa do porta-malas. No interior, destaque para o acabamento em alumínio e imitação de madeira, com central multimídia de 7 ou 8 polegadas, com compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay. Vendido nas versões SV, SL e Platinum, o sedã será vendido com duas opções mecânicas. O 2.0 Turbo substitui o 3.5 V6 e desenvolve 251cv e 37,7kgfm. Já o motor 2.5 16v a gasolina passou de 181cv para 190cv, com torque de 24,8kgfm, sempre equipado com câmbio automático CVT. O 2.5 é vendido apenas com tração dianteira, enquanto o Turbo pode ser AWD.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Renault Megane Sedan vem ao Brasil até final de 2019, com motor 1.3 12v TCe Flex de 170cv

FCA revela mais informações do novo motor 1.3 Firefly Turbo movido somente a Etanol

Após polêmica, Hyundai revela oficialmente a traseira da nova geração do HB20S

Mercedes-Benz lança oficialmente o Classe A Sedan no Brasil por R$139.900

Novo Chevrolet Tracker chega no 1º trimestre de 2020 com motores 1.0 e 1.2 Turbo

Irmão menor do Jeep Renegade deve ser apresentado dentro de cinco anos

Novo Nissan March só deve ser lançado até 2022 no Brasil, de acordo com revista

Depois do fracasso da fusão com nipo-franceses, FCA aposta alto investimento em elétricos

LatinNCAP testa Fiat Argo/Cronos e Toyota Etios Hatch/Etios Sedan em nova bateria

Mitsubishi estuda retorno do Lancer e do icônico Evolution em sua forma original