Ford Territory deve ser lançado no Brasil, por pressão dos concessionários


Parece que a Ford vai sim vender o Territory no mercado brasileiro. O SUV chinês deve ser importado da China ao nosso mercado. Após ser reprovado por clínicas com potenciais consumidores, os concessionários pressionaram a marca para lançar o SUV no nosso mercado. Segundo a revista Quatro Rodas, a rede teria insistido em trazer o modelo ao nosso mercado, após chamar atenção no Salão de São Paulo 2018. Atualmente apenas com o EcoSport, que é um projeto de 2012 e do caro Edge, a Ford teria uma opção moderna em seu lineup. A decisão do cancelamento da vinda do SUV, em janeiro desse ano, estaria ligado às reações do público com o produto, por ser de origem chinesa e com um design que não conversa com a atual filosofia de design da Ford. No entanto, a Ford nega as afirmações. O Ford Territory possui 4,58 metros de comprimento, 2,71 metros de entre-eixos, 1,93 metro de largura e 1,67 metro de altura. Ele é equipado com motor 1.5 12v Turbo Dragon que desenvolve 163cv de potência associado ao câmbio automático de 6 velocidades e sempre com tração dianteira. Ele chegaria ao nosso mercado primeiramente importado, sendo produzido na Argentina em meados de 2022, substituindo a vaga que deve ser deixada pelo Focus. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Subaru se despede do WRX STi na Espanha com série especial Final Edition

Nova geração do Hyundai HB20 pode substituir 1.6 16v e 1.0 Turbo pelo 1.0 12v TGDI

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Grupo VAG e PSA estariam interessados em comprar Jaguar-Land Rover da Tata

Volkswagen confirma que Tarek terá início da produção atrasada, na Argentina

Mercedes-Benz revela eSprinter em testes de durabilidade de componentes na Suécia

Volkswagen estuda desenvolver um Golf R Plus com 400cv na oitava geração

Subaru convoca recall de Legacy GT e Outback no Brasil com defeito no airbag

Volkswagen Gol, Voyage e Saveiro chegam à linha 2020 com pequenas novidades

Toyota e Suzuki cancelam o desenvolvimento de sedã baseado no Toyota Corolla