Ford registra, de novo, patentes da F-150 no INPI em três opções de carroceria


A Ford registou patente – mais uma vez – da sua picape mais vendida no mundo, a F-150. Registrado no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), a F-150 reestilizada foi patenteada no nosso mercado com ano/modelo 2017. Ela foi registrada nas carroceria simples, estendida e dupla e caso viesse para o Brasil, a Ford apostaria na cabine dupla. A Ford recentemente disse que estudava a importação da F-150 e F-150 Raptor ao mercado brasileiro, mas nunca mais se pronunciou sobre o assunto. Assim como aconteceu com o Mustang, a F-150 é figurinha carimbada entre os importadores independentes em nosso mercado. Apresentado no Salão de Detroit de 2017, o face-lift, novas motorizações a gasolina e diesel e mais tecnologias disponíveis. No design, a F150 recebe nova grade frontal, faróis redesenhados e novo para-choque dianteiro. Nas laterais há novas rodas de liga leve, de 17 a 22 polegadas. Embora o design anterior ainda fosse contemporâneo, a reestilização ficou ainda melhor e certamente vai dar mais fôlego para um modelo que é líder isolado de vendas. Por dentro, a Ford F-150 2018 ganhou duas novas tonalidades no acabamento e revestimento imitando fibra de carbono. Agora, a picape americana possui controle de cruzeiro adaptativo com função stop-and-go, bem como detector de pedestres com frenagem automática. A conexão 4G LTE foi introduzida, capacitando o veículo a tornar-se um hotspot Wi-Fi. O sistema de som B&O Play garante mais qualidade de áudio. A Ford F-150 2018 tem ainda sistema de visão 360 graus, alerta de invasão de faixa com correção, multimídias SYNC e SYNC 3 com Android Auto e Car Play, alertas de ponto cego e tráfego lateral, enre outros. Na mecânica, destaque para o motor diesel 3.0 Power Stroke, que deve colocar a F150 frente a frente com a RAM 1500. Com motores a gasolina, destaque para o 2.7 e 3.5 EcoBoost, que receberam aperfeiçoamentos, assim como os motores 3.3 V6 e o grandão 5.0 V8 ficaram mais eficientes. Em relação ao câmbio, apenas o 3.3 conta com câmbio automático de 6 velocidades. Todas as demais motorizações contam com câmbio automático de 10 velocidades.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Subaru se despede do WRX STi na Espanha com série especial Final Edition

Nova geração do Hyundai HB20 pode substituir 1.6 16v e 1.0 Turbo pelo 1.0 12v TGDI

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Volkswagen confirma que Tarek terá início da produção atrasada, na Argentina

Volkswagen Jetta GLI deve ser lançado em maio na América Latina; Brasil está na fila

Geely inicia construção de nova fábrica da Lotus, na China, na província de Hubei

Grupo VAG e PSA estariam interessados em comprar Jaguar-Land Rover da Tata

Nova geração da Toyota Hilux terá mesma plataforma F1 de Tacoma e Tundra

Mercedes-Benz revela eSprinter em testes de durabilidade de componentes na Suécia

Volkswagen estuda desenvolver um Golf R Plus com 400cv na oitava geração