SsangYong revela as primeiras imagens da nova geração do Korando no Salão de Genebra


Antecipado por um dos conceitos que a Ssangyong revelou nos últimos dois anos, a nova geração do Korando fez sua estreia no Salão do Automóvel de Genebra. O SUV médio passa a ser vendido com a mesma filosofia visual que estreou no Tivoli e hoje já está presente em Rexton e Musso. O Korando chega com base no SIV-2 Concept e traz um salto de qualidade construtiva e de acabamento, além de recursos tecnológicos. Desenvolvido sobre uma nova plataforma da marca sul-coreana, o SUV traz um design mais vincado e com mais curvas. Em geral, o novo Korando traz apenas o nome da geração passada. No seu design, ele traz a grade dianteira que se une ao conjunto óptico dianteiro, retangular, com uma entrada de ar em posição intermediária e um menor, na base do para-choque. Nas laterais, destaque para os arcos de roda e os vincos laterais. A traseira é marcada pelas grandes lanternas de LED conectadas por um friso cromado. A tampa traseira é lisa e conta com o inscrito Korando em destaque. No interior ele possui um novo quadro de instrumentos digital com tela de 10,25 polegadas, além de uma central multimídia de 9 polegadas e bancos com ajuste elétrico em quatro posições. 


Tampouco passam por alto os inúmeros sistemas de assistência à condução. O pacote de segurança SsangYong SASS estará presente, além de outros sistemas como a frenagem autônoma de emergência, alerta de saída de faixa, sistema de permanência na faixa, alerta de distância de segurança, alerta de avanço do veículo, detector de fadiga do condutor e assistente de luzes. A nova geração possui 4,45 metros de comprimento, 2,67 metros entre os eixos, 1,87 metro de largura e 1,62 metro de altura, com porta-malas com capacidade de 551 litros, podendo chegar aos 1.248kg com os bancos traseiros rebatidos. Na mecânica, a nova geração do SUV sul-coreano passa a ser vendido com motor 1.5 GDI Turbo que desenvolve 163cv e torque de 28,5kgfm, enquanto o motor Turbo Diesel 1.6 desenvolve 136cv e 30kgfm de torque com câmbio manual e 32kgfm com câmbio automático. Falando nisso, ele pode ser vendido com câmbio manual de 6 marchas ou automático com a mesma quantidade de marcha. Ele deve ser vendido com tração dianteira ou total. Na Europa ele começa a ser vendido no segundo semestre, enquanto no Brasil o seu lançamento não deve demorar, acontecendo em algum momento de 2020. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MSO apresenta McLaren 720S Spider by MSO no Salão do Automóvel de Genebra

Retro e elétrico, Honda apresenta o e-Prototype Concept para o Salão de Genebra

Lamborghini apresenta o Huracán Evo Super Trofeo Collector no Salão de Genebra

Seu novo hatch, Tata apresenta o Altroz e Altroz EV Concept no Salão de Genebra

SUV subcompacto, Tata revela o H2X Concept no Salão do Automóvel de Genebra

Nova picape da Ford, nova Courier, deve ter opção de cabine simples e estendida

Volkswagen deve passar a oferecer o up! em três novas versões na linha 2020

Símbolos de uma nova GM, Chevrolet Cruze e Volt saem de linha nos EUA

No Brasil, Toyota Corolla Hybrid usará o motor 2.0, que oferece mais força que o 1.8

Ford convoca recall de 4.346 unidades de Ka e Ka Sedan com defeito no airbag