SsangYong revela as primeiras imagens da nova geração do Korando no Salão de Genebra


Antecipado por um dos conceitos que a Ssangyong revelou nos últimos dois anos, a nova geração do Korando fez sua estreia no Salão do Automóvel de Genebra. O SUV médio passa a ser vendido com a mesma filosofia visual que estreou no Tivoli e hoje já está presente em Rexton e Musso. O Korando chega com base no SIV-2 Concept e traz um salto de qualidade construtiva e de acabamento, além de recursos tecnológicos. Desenvolvido sobre uma nova plataforma da marca sul-coreana, o SUV traz um design mais vincado e com mais curvas. Em geral, o novo Korando traz apenas o nome da geração passada. No seu design, ele traz a grade dianteira que se une ao conjunto óptico dianteiro, retangular, com uma entrada de ar em posição intermediária e um menor, na base do para-choque. Nas laterais, destaque para os arcos de roda e os vincos laterais. A traseira é marcada pelas grandes lanternas de LED conectadas por um friso cromado. A tampa traseira é lisa e conta com o inscrito Korando em destaque. No interior ele possui um novo quadro de instrumentos digital com tela de 10,25 polegadas, além de uma central multimídia de 9 polegadas e bancos com ajuste elétrico em quatro posições. 


Tampouco passam por alto os inúmeros sistemas de assistência à condução. O pacote de segurança SsangYong SASS estará presente, além de outros sistemas como a frenagem autônoma de emergência, alerta de saída de faixa, sistema de permanência na faixa, alerta de distância de segurança, alerta de avanço do veículo, detector de fadiga do condutor e assistente de luzes. A nova geração possui 4,45 metros de comprimento, 2,67 metros entre os eixos, 1,87 metro de largura e 1,62 metro de altura, com porta-malas com capacidade de 551 litros, podendo chegar aos 1.248kg com os bancos traseiros rebatidos. Na mecânica, a nova geração do SUV sul-coreano passa a ser vendido com motor 1.5 GDI Turbo que desenvolve 163cv e torque de 28,5kgfm, enquanto o motor Turbo Diesel 1.6 desenvolve 136cv e 30kgfm de torque com câmbio manual e 32kgfm com câmbio automático. Falando nisso, ele pode ser vendido com câmbio manual de 6 marchas ou automático com a mesma quantidade de marcha. Ele deve ser vendido com tração dianteira ou total. Na Europa ele começa a ser vendido no segundo semestre, enquanto no Brasil o seu lançamento não deve demorar, acontecendo em algum momento de 2020. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Frankfurt, BMW confirma Série 8, X7 e Z4 para 2018 na Europa e em 2019 para o Brasil

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Renault Megane Sedan vem ao Brasil até final de 2019, com motor 1.3 12v TCe Flex de 170cv

Motores 1.0 e 1.4 EVO da Fiat devem se despedir do mercado a partir do segundo semestre desse ano!

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1995!

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2001!

Curiosidades: Carros de Fórmula 1 tem o sistema ABS?

Chevrolet confirma fim de linha do Captiva, depois de nove anos de mercado e mais de 60.000 unidades