Fracasso de vendas, Mercedes-Benz Vito deve deixar de ser produzido na Argentina


Lançado em 2015 no mercado brasileiro, o Mercedes-Benz Vito deixa de ser produzido na fábrica da Argentina. Irmão menor da Mercedes-Benz Sprinter, o Vito foi uma tentativa de cativar os clientes da extinta Volkswagen Kombi. Ele é produzido junto do Sprinter na unidade de Virrey del Pino, onde mais de 800 milhões de pesos argentinos foram investidos para a sua produção. Oficialmente a Mercedes não confirma a medida, mas ela está diretamente relacionada ao baixo desempenho comercial do Vito. Na Argentina, entre 2015 e 2018 foram vendidas apenas 4.638 unidades na Argentina. O seu fim de linha não deve causar problemas na unidade, que na Argentina deve aumentar a produção da Sprinter, não deixando a unidade ociosa. No Brasil, até o final de 2018 foram vendidas irrisórias 864 unidades. Ela é produzida com motor 1.6 Diesel de 114cv e 27,5kgfm de torque, com câmbio manual de 6 marchas. A versão de passageiros vinha com motor 2.0 Turbo Flex de 184cv de potência e 30,6kgfm de torque com a mesma opção de câmbio. O fraco desempenho do Vito ainda levou um balde d’água fria com o lançamento da dupla Citroën Jumpy e Peugeot Expert, que chegaram no final de 2017 e já no ano passado emplacaram mais de mil unidades cada. A van da Mercedes vendeu bem menos: 50 unidades. Em seu lugar, a Mercedes estuda a importação da Classe V ao Brasil, versão de luxo do Vito e logicamente com outra proposta. 



Fonte: TN Autos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MSO apresenta McLaren 720S Spider by MSO no Salão do Automóvel de Genebra

Retro e elétrico, Honda apresenta o e-Prototype Concept para o Salão de Genebra

Lamborghini apresenta o Huracán Evo Super Trofeo Collector no Salão de Genebra

Seu novo hatch, Tata apresenta o Altroz e Altroz EV Concept no Salão de Genebra

SUV subcompacto, Tata revela o H2X Concept no Salão do Automóvel de Genebra

Nova picape da Ford, nova Courier, deve ter opção de cabine simples e estendida

Volkswagen deve passar a oferecer o up! em três novas versões na linha 2020

Símbolos de uma nova GM, Chevrolet Cruze e Volt saem de linha nos EUA

No Brasil, Toyota Corolla Hybrid usará o motor 2.0, que oferece mais força que o 1.8

Ford convoca recall de 4.346 unidades de Ka e Ka Sedan com defeito no airbag