Executivo da Holden desmente venda da marca por parte da General Motors


Depois dos rumores que indicavam o fim de linha da Holden na Austrália ou a venda da marca pela GM, o grupo norte-americano confirmou que a informação não procede. Uma possível venda da Holden para a Inchcape PLC, uma das grandes importadoras da Austrália, seria o primeiro sinal de que a GM pretendia se desfazer da marca. No entanto, em uma recente conferência de imprensa, o CEO da Holden, Dave Buttner, desmentiu os boatos: “Estou olhando diretamente para vocês. Acreditem em mim, isso não vai acontecer. Não há planos para isso. Não me juntei à Holden para fechar a empresa”. Segundo o executivo, a marca não deve ser fechada nem colocada à venda, como tampouco vender a divisão de distribuição e importação. Embora não houvesse nenhum relatório suficientemente confiável para confirmar o fato, não seria surpresa nenhuma se a General Motors praticasse mais cortes ou até vendesse a sua divisão australiana, já que a corporação americana se encontra nesse momento aplicando fortes cortes em todos os mercados onde está presente. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Seu novo hatch, Tata apresenta o Altroz e Altroz EV Concept no Salão de Genebra

Retro e elétrico, Honda apresenta o e-Prototype Concept para o Salão de Genebra

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

MSO apresenta McLaren 720S Spider by MSO no Salão do Automóvel de Genebra

SUV subcompacto, Tata revela o H2X Concept no Salão do Automóvel de Genebra

Lamborghini apresenta o Huracán Evo Super Trofeo Collector no Salão de Genebra

Vazam primeiras imagens da nova geração do Hyundai Sonata na Coreia do Sul

Renault Megane Sedan vem ao Brasil até final de 2019, com motor 1.3 12v TCe Flex de 170cv

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?