Bugatti pode desenvolver um novo esportivo com eletrificação leve, segundo CEO


A Bugatti pode escapar de desenvolver um utilitário esportivo, mas não vai conseguir escapar da eletrificação. A francesa pertencente ao grupo VAG, deve desenvolver um novo hiperesportivo eletrificado. Foi pelo menos isso que deu ao entender o CEO da Bugatti, Stephan Winkelmann, em entrevista ao Auto News Europe. O executivo disse que pretende desenvolver u Chiron mais acessível e que seria parcialmente eletrificado, por questões de peso e custo para a produção. De acordo com Winkelmann, é muito mais importante “o equilíbrio entre rendimento e comodidade”, assim como a “facilidade de uso diário”, faltando relevância a uma das principais características dos modelos da marca: a velocidade. “No final, a diferença do preço em um automóvel é a marca. E isso, creio eu, continuará igual, para nossa sorte. Estou convencido disso”. Entretanto, apesar do interesse por parte do CEO da marca francesa, todo o projeto precisa da aprovação da cúpula do Grupo Volkswagen, algo que pode ser complicado. Apesar de ser mais acessível, ele ainda leva o nome Bugatti e por isso que a marca não quer perder a tradição da marca, além de carros como Chiron e Divo, que são muito exclusivos. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Renault Megane Sedan vem ao Brasil até final de 2019, com motor 1.3 12v TCe Flex de 170cv

Volkswagen deve apresentar Polo reestilizado em 2021, de acordo com sindicato

Audi confirma novos RSQ7 e RSQ8 até meados de 2020 como forma de expandir linha RS aos SUVs

Motores 1.0 e 1.4 EVO da Fiat devem se despedir do mercado a partir do segundo semestre desse ano!

Nova geração do Nissan Sentra estreia em meados de 2019 com forte inspiração no novo Altima

Peugeot 1008 deve ser apresentado na Europa em 2020, com plataforma CMP

Chevrolet confirma fim de linha do Captiva, depois de nove anos de mercado e mais de 60.000 unidades

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1994!