Atuais Volkswagen Gol e Voyage deixam de ser produzidos em 2021; up! idem


O Sindicato de Metalúrgicos de Taubaté (SP) confirmaram que a Volkswagen deve manter a produção de Gol e Voyage atuais até 2021, enquanto o up! deixa de ser produzido no mesmo ano. A informação revelada pelo Sindmetau disse que o trio deve ser substituído pela nova geração de Gol e Voyage, que serão produzidos na fábrica com a plataforma modular MQB-A00, que deve ser desenvolvida para Gol, Voyage e Saveiro. Recentemente o sindicato fez uma reunião com executivos da Volkswagen para garantir investimentos na fábrica e o T-Track foi confirmado para ser produzido por lá. Ficou definida a renovação de cláusulas da Convenção Coletiva, volta da data-base anual e valores e reajustes da PLR. A marca se comprometeu a investir no complexo para que ela seja capaz de produzir novos modelos com a plataforma MQB. O sindicato disse que as plataforma VW23X de Gol e Voyage e a VW120 do up! deixam de ser produzidas em 2021. A nova geração de Gol e Voyage com plataforma MQB-A00 deve ser um pouco mais simples que a MQB-A0 de Polo, Virtus e T-Cross. Com o fim de linha do Fox entre 2020 e 2021 com o lançamento do T-Track, o up! sai de linha em 2021 para abrir maior espaço para Gol e Voyage, fazendo com que a Volkswagen elimine dois hatchs do seu lineup. 


Fonte: Sindmetau

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Frankfurt, BMW confirma Série 8, X7 e Z4 para 2018 na Europa e em 2019 para o Brasil

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Renault Megane Sedan vem ao Brasil até final de 2019, com motor 1.3 12v TCe Flex de 170cv

Motores 1.0 e 1.4 EVO da Fiat devem se despedir do mercado a partir do segundo semestre desse ano!

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 1995!

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2001!

Curiosidades: Carros de Fórmula 1 tem o sistema ABS?

Chevrolet confirma fim de linha do Captiva, depois de nove anos de mercado e mais de 60.000 unidades