Nissan já testa o Kicks e-Power no Brasil e lançamento está confirmado para o ano que vem


A Nissan já testa a versão eletrificada do Kicks no Brasil. O SUV compacto, que deve receber a tecnologia e-Power em nosso mercado em 2020, roda em testes antes de começar a ser produzido na fábrica de Resende (RJ). Até então, a Nissan testava a tecnologia com uma unidade do Note no país. O SUV deve contar com motor elétrico no país e deve contar ainda com o motor 1.0 12v Flex como gerador do motor elétrico. A tecnologia é usada no Japão com o Note. Por lá, ele usa o motor 1.2 12v a gasolina que desenvolve 81cv e 11,2kgfm, que gera energia para o motor elétrico de 190cv e 28,6kgfm. Com esse conjunto, ele consegue rodar 37,2km/l de gasolina, de média. O motor a combustão seria usado apenas para gerador da bateria de 1,5kW, que não está conectado às rodas, como acontece em um veículo híbrido. Essa energia alimenta o motor elétrico que traciona o veículo. Este motor elétrico, aliás, seria capaz de movimentar o veículo minimamente. Com uma autonomia de 1.300km sem necessidade de reabastecer o tanque de combustível de 47 litros. Na prática, a tecnologia e-Power é um carro elétrico que precisa de gasolina, embora o consumo seja bastante contido e necessário apenas como "extensor de autonomia" do motor a bateria, como no caso do BMW i3 Rex. O gerador é usado por mais tempo, já que essa tecnologia não inclui um conector para recarga em tomadas.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen convoca recall onde terá que recomprar 194 unidades de homologação

Antecipando novidades para o Brasil, Honda apresenta HR-V Touring no Japão

Curiosidades: Chevrolet, Mercedes-Benz e FCA foram as que mais convocaram recall em 2018

Toyota convoca mega recall que envolve 379.689 unidades de Hilux, SW4, Etios, Etios Sedan, Corolla e Fielder

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Volkswagen comemora a marca de 5 milhões de unidades do Tiguan em 11 anos de produção

Ford registra patente de motor V8 híbrido, que deve ser usado pelo Mustang em 2020

Ford concede sinal verde para desenvolvimento da nova Courier, em entrevista

Sucessor do Nissan 370Z deve ser apresentado ainda em 2019, em algum evento importante

Renault Twingo ganha face-lift na Europa para o Salão do Automóvel de Genebra