Mercedes-Benz EQB deve ser baseado no GLB, com uma autonomia de 500km


Depois de inaugurar a linha EQ dentro da Mercedes-Benz com o EQC, a marca já desenvolve novos modelos 100% elétricos. A marca estuda carros como o EQA e EQS, e confirmou que o novo GLB deve ser lançado ainda nesse ano e servirá de base para o futuro EQB. O GLB deve ser otimizado em termos aerodinâmicos e em termos técnicos para receber o motor elétrico, mas mantendo uma ligação visual mais próxima em relação ao GLB. Conhecido internamente como projeto X247, o GLB deve ser uma opção mais familiar ao GLA e que o EQB deve ter uma bateria de 60kWh que deve proporcionar uma autonomia em torno dos 500km. Quando foi apresentado na Europa em setembro do ano passado, o EQC, que deve servir como base para o desenvolvimento do EQB, tinha dois motores elétricos que desenvolvem juntos 408cv de potência com torque de 77,7kgfm, capaz de acelerar de 0 a 100km/h em 5,1 segundos e chegar a 180km/h de velocidade máxima. Segundo a Mercedes, ele possui os modos Eco, Comfort, Sport e Max Range. O consumo é de 22kWh/100km, com baterias de 80kWh e autonomia de 450km no padrão NEDC. A recarga de 80% da bateria é feita em 40 minutos e a Mercedes não revelou seu preço na Europa.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

BMW convoca recall de 158 unidades de Série 3, 5, 6 e 7, X3, X5 e Z4 produzidos entre 1994 a 2008

Vazam imagens da nova geração do Nissan Sentra, com nova filosofia V-Motion 2.0 de design

Volkswagen passa a vender minivan Touran com motor 1.0 12v TSI e 2.0 TDI revisado

Volkswagen e Ford anunciam oficialmente a parceria durante o Salão de Detroit

Ford Mondeo e Mondeo SW são reestilizados na Europa e ganham opção de motor híbrido

Fiat Tipo e Tipo Estate ganham versão Sport com motor 1.4 T-JET de 120cv de potência

Renault pode trazer Clio de volta ao Brasil em nova geração, mas com plataforma adaptada

Nova picape da Fiat tem base no Mobi confirmada e deve substituir a Strada - e não conviver com ela

Nova geração do Tesla Roadster deve voar, literalmente, segundo Elon Musk