Geely deve fazer com que Lotus também produza na China, com investimento de R$5 bilhões


Depois de ser adquirida pela Geely, a Lotus deve receber um grande aporte financeiro para sua reestruturação. Com esse dinheiro, a marca inglesa deve retornar ao cenário mundial e expandir seus negócios. A Geely confirmou que deve erguer uma fábrica de R$5 bilhões na cidade chinesa de Wuhan para a Lotus, que deve passar a produzir quase todos seus carros na China. A revelação foi confirmada em documentos oficiais do governo chinês, de acordo com a Reuters. A Geely ainda não revelou muitas informações de quais modelos devem ser produzidos na China, mas sabe-se que a unidade deve ter capacidade de produzir 150 mil unidades por ano. Porém não é difícil de se acreditar que a Lotus possa produzir esportivos no Reino Unido e SUVs na China. A fábrica do Reino Unido deve receber investimentos de R$7,6 bilhões e deve seguir produzindo esportivos. A meta é fazer com a Lotus se torne uma empresa no mesmo nível da Porsche. Para chegar até lá, um pesado investimento de recuperação da marca deve ser feito. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Renegade é convocado para recall no airbag que envolve 37.723 unidades

Fiat Doblò passa a ser vendido em versão única, Weekend ganha ar-condicionado e Uno chegam a 2020

Ford faz limpa no site e Fiesta, Focus, Focus Fastback e caminhões somem do portal

Hyundai revela as primeiras imagens e informações da nova geração do HB20

Ford confirma presença no Salão de Frankfurt para apresentar seus utilitários esportivos

JAC inicia pré-venda do caminhão leve elétrico iET1200 no Brasil por R$259.990

Veteranos, Chevrolet Montana e Cobalt chegam a linha 2020 apenas com novos preços

Site diz que Ford desenvolve F-150 Raptor com motor V8 para ser lançada em 2020

Fiat apresenta linha 2020 da Toro com versão Endurance Diesel, Endurance manual e nova central

Volkswagen apresenta Jetta GLI no país, com 230cv de potência, por R$144.990