Geely deve fazer com que Lotus também produza na China, com investimento de R$5 bilhões


Depois de ser adquirida pela Geely, a Lotus deve receber um grande aporte financeiro para sua reestruturação. Com esse dinheiro, a marca inglesa deve retornar ao cenário mundial e expandir seus negócios. A Geely confirmou que deve erguer uma fábrica de R$5 bilhões na cidade chinesa de Wuhan para a Lotus, que deve passar a produzir quase todos seus carros na China. A revelação foi confirmada em documentos oficiais do governo chinês, de acordo com a Reuters. A Geely ainda não revelou muitas informações de quais modelos devem ser produzidos na China, mas sabe-se que a unidade deve ter capacidade de produzir 150 mil unidades por ano. Porém não é difícil de se acreditar que a Lotus possa produzir esportivos no Reino Unido e SUVs na China. A fábrica do Reino Unido deve receber investimentos de R$7,6 bilhões e deve seguir produzindo esportivos. A meta é fazer com a Lotus se torne uma empresa no mesmo nível da Porsche. Para chegar até lá, um pesado investimento de recuperação da marca deve ser feito. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen convoca recall onde terá que recomprar 194 unidades de homologação

Antecipando novidades para o Brasil, Honda apresenta HR-V Touring no Japão

Curiosidades: Chevrolet, Mercedes-Benz e FCA foram as que mais convocaram recall em 2018

Toyota convoca mega recall que envolve 379.689 unidades de Hilux, SW4, Etios, Etios Sedan, Corolla e Fielder

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Volkswagen comemora a marca de 5 milhões de unidades do Tiguan em 11 anos de produção

Ford registra patente de motor V8 híbrido, que deve ser usado pelo Mustang em 2020

Ford concede sinal verde para desenvolvimento da nova Courier, em entrevista

Renault Twingo ganha face-lift na Europa para o Salão do Automóvel de Genebra

Sucessor do Nissan 370Z deve ser apresentado ainda em 2019, em algum evento importante