FCA convoca mais um recall de Fiat Argo, Cronos e Mobi, que envolve 720 unidades


A FCA está convocando um recall que envolve 720 unidades de Fiat Argo, Cronos e Mobi no mercado nacional. De acordo com a Fiat, o trio precisa substituir o eixo intermediário da coluna de direção elétrica, após identificada a possibilidade de falha. O problema afeta os modelos 2018/2018 do Argo (202 unidades) com motor 1.0, 1.3 e 1.8, assim como dos Cronos 2018/2019 (509 unidades) com motores 1.3 e 1.8 e Mobi 2018/2019 (9 unidades) 1.0. Segundo a FCA, “foi detectada a possibilidade de falha durante o processo de soldagem da referida peça que pode levar ao seu desacoplamento. Nessas situações poderá ocorrer a perda inesperada do controle da direção do veículo em movimento, aumentando o risco de colisão, com consequentes danos físicos e materiais ao condutor, aos passageiros e a terceiros.”. Disponível para reparo desde o dia 24 de dezembro, o recall pode ser agendado em qualquer concessionária Fiat. Para mais informações, os clientes deve entrar em contato com a Central de Atendimento ao Consumidor pelo 0800 (0800 707 1000) ou através do site (www.fiat.com.br). Confira abaixo o final dos chassis envolvidos. 


Final dos Chassis


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

BMW convoca recall de 158 unidades de Série 3, 5, 6 e 7, X3, X5 e Z4 produzidos entre 1994 a 2008

Vazam imagens da nova geração do Nissan Sentra, com nova filosofia V-Motion 2.0 de design

Volkswagen passa a vender minivan Touran com motor 1.0 12v TSI e 2.0 TDI revisado

Volkswagen e Ford anunciam oficialmente a parceria durante o Salão de Detroit

Ford Mondeo e Mondeo SW são reestilizados na Europa e ganham opção de motor híbrido

Fiat Tipo e Tipo Estate ganham versão Sport com motor 1.4 T-JET de 120cv de potência

Renault pode trazer Clio de volta ao Brasil em nova geração, mas com plataforma adaptada

Nova picape da Fiat tem base no Mobi confirmada e deve substituir a Strada - e não conviver com ela

Nova geração do Tesla Roadster deve voar, literalmente, segundo Elon Musk