Cadillac pode passar a importar CT6 da China após fechamento de fábrica em Michigan


A Cadillac deu início às vendas do CT6 na versão esportiva CT6-V, que foi apresentado em 2018 nos EUA. Esgotado em questão de horas, as 275 unidades já foram vendida pelo valor de US$89.785. Apesar do lançamento da versão esportiva e limitada, a fábrica responsável pelo CT6 deve ser uma a serem fechadas pela GM ainda em 2019. A GM não confirmou o fim de linha do Cadillac CT6 e o grupo norte-americano diz que estuda um novo local para a produção do sedã, como alternativa para mantê-lo vivo no mercado. A atual fábrica de Detroit-Hamtramk, em Michigan, foi uma das escolhidas para ser fechada dentro de alguns meses. Com isso, o caminho mais fácil e mais difícil seria importar o CT6 da China. Mais fácil porque de acordo com a Cadillac China, não seria problema produzir as demais versões do sedã no país asiático. A mais difícil é que essa é a opção menos preferida da General Motors, por questões de carga tributária impostas pelos governos de EUA e China na recente “guerra comercial” entre os países. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Renegade é convocado para recall no airbag que envolve 37.723 unidades

Fiat Doblò passa a ser vendido em versão única, Weekend ganha ar-condicionado e Uno chegam a 2020

Ford faz limpa no site e Fiesta, Focus, Focus Fastback e caminhões somem do portal

Ford confirma presença no Salão de Frankfurt para apresentar seus utilitários esportivos

Hyundai revela as primeiras imagens e informações da nova geração do HB20

Skoda apresenta oficialmente o Citigo-E iV com motor elétrico com autonomia de 265km

Mercado, maio de 2019: Ferrari quadruplica vendas, VW e Chery aceleram e Ford tropeça para 7º

Site diz que Ford desenvolve F-150 Raptor com motor V8 para ser lançada em 2020

Volkswagen descarta desenvolvimento de T-Cross com versões para PcD

VW Golf GTE deve ser vendido em lote de apenas 99 unidades para receptividade de eletrificados