Byton coloca tablet no volante e uma televisão de central multimídia para seu primeiro carro


As centrais multimídias começaram a ser mais populares a partir de meados de 2010. A telinha no painel dos carros começou a chamar a atenção e desde então se popularizou e ganhou várias formas. Durante o CES 2019, a chinesa Byton revelou o máximo que uma empresa pode chegar com as telas das centrais multimídia. A marca revelou o primeiro volante com tela sensível ao toque instalada no volante e isso não se trata de um conceito. A pequena tela no volante fará as vezes de central multimídia, numa posição bem incomum e que substitui quase todos os botões físicos do painel. A marca ainda não definiu como fica o airbag do motorista, mas possivelmente uma nova solução foi adotada. Além desta tele, ele traz um gigantesca tela que rouba a cena de todo o painel. Ela atravessa toda a porção superior do painel e nela é possível ver o painel de instrumentos, as câmeras no lugar dos retrovisores e demais sistemas comuns a uma central multimídia. Com 49 polegadas de resolução, qualificada pela Byton como ‘Tela de Experiência Compartilhada’, completamente digital e com uma área táctil para acessar a todas as funções de configuração do veículo, ao mesmo tempo em que a parte do condutor o manterá atualizado com toda a informação relevante. O primeiro carro da marca, a usar esse interior, deve ser apresentado no mês de abril, com produção iniciada em 2020. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen convoca recall onde terá que recomprar 194 unidades de homologação

Antecipando novidades para o Brasil, Honda apresenta HR-V Touring no Japão

Curiosidades: Chevrolet, Mercedes-Benz e FCA foram as que mais convocaram recall em 2018

Toyota convoca mega recall que envolve 379.689 unidades de Hilux, SW4, Etios, Etios Sedan, Corolla e Fielder

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Volkswagen comemora a marca de 5 milhões de unidades do Tiguan em 11 anos de produção

Ford registra patente de motor V8 híbrido, que deve ser usado pelo Mustang em 2020

Ford concede sinal verde para desenvolvimento da nova Courier, em entrevista

Sucessor do Nissan 370Z deve ser apresentado ainda em 2019, em algum evento importante

Renault Twingo ganha face-lift na Europa para o Salão do Automóvel de Genebra