Situação cambial pode atrasar, de novo, produção de Renault Alaskan e Mercedes-Benz Classe X


Depois da Nissan inaugurar sua fábrica em Córdoba, na Argentina, e começar a produzir a Frontier por lá, as demais irmãs da picape japonesa tem atrasado já há algum tempo. Tanto Renault Alaskan como Mercedes-Benz Classe X tem sofrido com atraso em seus lançamentos. O plano era que a Alaskan fosse lançada na Argentina antes de 2018 e a Classe X no começo de 2019. Isso não aconteceu e gerou rumores de que as marcas tinham desistido do projeto. Agora, a Mercedes desmentiu os rumores da desistência de lançar as picapes em suas redes sociais, dizendo que a Classe X está atrasada, mas chega ainda em 2019. “Está atrasada, mas não cancelada” disse uma fonte ao site Argentina Autoblog. O motivo do atraso não só da Classe X, mas também da Alaskan, estaria ligado diretamente na desvalorização repentina do Peso argentino, que alterou os custos do projeto e fez com que as marcas modificassem uma série de processos industriais. A Mercedes ainda postou que está “trabalhando para avançar com a Classe X em 2019. Processos, novos sistemas, mudanças, desafios...”. Com isso, a previsão é que a Mercedes lance a Classe X na Argentina apenas no segundo semestre e isso também deve afetar o lançamento da Alaskan. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração de Chevrolet Onix deve ser vendida somente com motor 1.0 Turbo, inicialmente

Investimento em Goiana (PE) e Betim (MG) devem resultar em quatro SUVs de Fiat e Jeep

De acordo com site, FCA deve manter 1.8 16v EtorQ em linha até, pelo menos, 2025

Skoda apresenta oficialmente o Citigo-E iV com motor elétrico com autonomia de 265km

Ford EcoSport passa a ser vendido com opção de teto bicolor na versão FreeStyle

Peugeot registra patentes da nova geração da 508 SW, mas station infelizmente não vem

Firme e forte na China, Ford apresenta novo Taurus 2020 com mudanças visuais

Volkswagen descarta desenvolvimento de T-Cross com versões para PcD

Ferrari apresenta SF90 Stradele Hybrid, que se torna a Ferrari mais potente já produzida

Fiat 500X chega a marca de 500 mil unidades em cinco anos de lançamento