Renault quer ter design com "sensualidade latina" e deixar a Dacia mais "alemã" e robusta


A Renault atualmente vende carros da Dacia com logo da marca francesa em vários países. A estratégia não é adotada apenas no Brasil. Em alguns países da África e a Rússia também adotam a mesma estratégia. Considerados países subdesenvolvidos, os projetos da Dacia são mais baratos e podem atingir um público maior que se a Renault optasse por vender seus carros nesses países. Mas isso deve mudar, porque até para esses países, a Renault deve trabalhar seus carros com plataformas subdesenvolvidas. Recentemente, a Renault-Nissan confirmou que a Renault não deve mais vender os carros da Dacia e que o novo Duster seria o último carro a receber apenas a troca de logo. A partir dele, todos os carros devem trazer o DNA da Renault, com linhas “latinas”. Segundo Laurens van den Acker Designer Chefe da Renault durante entrevista ao Autocar, disse que a estratégia faz muito mais sentido do ponto de vista comercial: “alguns Renault são caros demais para alguns mercados, enquanto os Dacia são confiáveis e baratos, por isso nós os rebatizamos. Isso nos ajudou a ganhar mercado, mas agora precisamos nos diferenciar.”. Nesse sentido, Laurens diz que o “espírito latino e sensual para os Renault, enquanto os Dacia serão mais alemães e robustos”, completa o designer chefe da marca. A divisão brasileira da Renault ainda deve ganhar um destaque a nível global, podendo ditar alguns lançamentos nos próximos anos. Apesar de ter um design que se assemelha mais um Renault, a base deve permanecer a cargo da Dacia. O Arkana deve ser o primeiro membro dessa nova fase e chega ao Brasil no ano que vem. O atraso na vinda de Sandero e Logan em muito tem a ver com essa adaptação, tanto que a dupla deve ficar com mais cara de Renault que Dacia. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Subaru se despede do WRX STi na Espanha com série especial Final Edition

CAOA fecha acordo com Ford para a fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

Nova geração do Hyundai HB20 pode substituir 1.6 16v e 1.0 Turbo pelo 1.0 12v TGDI

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Mercedes-Benz revela eSprinter em testes de durabilidade de componentes na Suécia

Renault vende todo primeiro lote do Zoe e já confirma encomenda de segundo lote

Volkswagen estuda desenvolver um Golf R Plus com 400cv na oitava geração

Volkswagen confirma que Tarek terá início da produção atrasada, na Argentina

Ford Territory deve ser lançado no Brasil, por pressão dos concessionários

Subaru convoca recall de Legacy GT e Outback no Brasil com defeito no airbag