Porsche Taycan, mesmo sendo elétrico, deve ser vendido em versão Turbo


Causando alvoroço e longas filas de espera, o Porsche Taycan deve ser apresentado no próximo mês de abril, no Salão de Nova Iorque. O primeiro carro 100% elétrico da Porsche pode não ser um carro movimento só a eletricidade. Em um e-mail enviado pela Porsche aos interessados pelo Taycan revela que o sedã deve ser oferecido com um curiosa versão Turbo, além de também ser vendido nas versões Taycan, Taycan S e Taycan Turbo. O fato de usar a designação Turbo para um carro elétrico chamou atenção, apesar de ter chances da Porsche usar o nome para definir a versão mais potente do sedã, como acontece em todo lineup da Porsche, o que acaba sendo possível. Na Europa, ainda acredita-se que ele possa ser vendido com algum motor a combustão, apesar das chances diminuírem a cada dia mais próximo de sua apresentação. A fábrica de Zuffenhausen, em Stuttgart, com investimento de 6 bilhões de euros, deve contratar 1.200 novos funcionários e a implementação do conceito de Produção Porsche 4.0. O sedã deve acelerar de 0 a 100km/h em 3,5 segundos e ele deve usar dois motores elétricos, um em cada eixo, que devem desenvolver cerca de 600cv. A informação foi confirmada pela Porsche Grã-Bretanha no Twitter. Segundo a Porsche, seu nome significa “cavalo jovem e cheio de energia”, se referindo a imagem no coração do brasão da Porsche, que representa um corcel saltitante desde 1952.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen convoca recall onde terá que recomprar 194 unidades de homologação

Antecipando novidades para o Brasil, Honda apresenta HR-V Touring no Japão

Curiosidades: Chevrolet, Mercedes-Benz e FCA foram as que mais convocaram recall em 2018

Toyota convoca mega recall que envolve 379.689 unidades de Hilux, SW4, Etios, Etios Sedan, Corolla e Fielder

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Volkswagen comemora a marca de 5 milhões de unidades do Tiguan em 11 anos de produção

Ford registra patente de motor V8 híbrido, que deve ser usado pelo Mustang em 2020

Ford concede sinal verde para desenvolvimento da nova Courier, em entrevista

Sucessor do Nissan 370Z deve ser apresentado ainda em 2019, em algum evento importante

Renault Twingo ganha face-lift na Europa para o Salão do Automóvel de Genebra