FCA já desenvolve motor 1.3 16v Firefly Turbo para ser lançado e produzido no Brasil em 2020


A FCA confirmou que já trabalha para produzir o motor 1.3 16v Firefly Turbo no lugar do 1.8 16v EtorQ Flex na linha de produção de Betim (MG). A unidade deve ser responsável pelo motor que desenvolve 150cv ou 160cv e 23,5kgfm ou 180cv e 27,5kgfm. O motor 1.3 8v FireFly deve receber injeção direta de combustível e cabeçote de quatro válvulas por cilindros com variador de fase na admissão e no escape. Esse motor deve ser produzido no Brasil em 2020 e não deve chegar ao nosso mercado esse ano, como importado, como foi cogitado. Visto rivais do Jeep Renegade e Compass chegando ao mercado com motores Turbo como foi o caso de Citroën C4 Cactus e em breve do Volkswagen T-Cross no caso do Renegade e do Volkswagen Tiguan AllSpace no caso do Compass. Vale lembrar que a FCA também deve deixar de produzir o motor 2.0 16v TigerShark do Compass, que serão substituídos pelo 1.3. Possivelmente para o Compass o motor mais adequado seria o de 180cv, até para ter um nível de separação entre os dois SUVs da Jeep. Vale lembrar que a Fiat também deve usar o motor em Toro, Argo e Cronos. O motor deve estrear, no entanto, a bordo do Jeep Renegade. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração de Chevrolet Onix deve ser vendida somente com motor 1.0 Turbo, inicialmente

Investimento em Goiana (PE) e Betim (MG) devem resultar em quatro SUVs de Fiat e Jeep

De acordo com site, FCA deve manter 1.8 16v EtorQ em linha até, pelo menos, 2025

Skoda apresenta oficialmente o Citigo-E iV com motor elétrico com autonomia de 265km

Ford EcoSport passa a ser vendido com opção de teto bicolor na versão FreeStyle

Peugeot registra patentes da nova geração da 508 SW, mas station infelizmente não vem

Firme e forte na China, Ford apresenta novo Taurus 2020 com mudanças visuais

Volkswagen descarta desenvolvimento de T-Cross com versões para PcD

Ferrari apresenta SF90 Stradele Hybrid, que se torna a Ferrari mais potente já produzida

Fiat 500X chega a marca de 500 mil unidades em cinco anos de lançamento