Especial Lançamentos 2019 #41: o que esperar da Suzuki para o Brasil neste ano?


A Suzuki deve apresentar a nova geração do seu carro mais simpático no Brasil nesse ano, o Jimny. Uma das atrações que mais chamou atenção no Salão de São Paulo em novembro de 2018, o novo Jimny deve ganhar o sobrenome Sierra para o distanciar do modelo atual, que deve seguir em linha por mais um tempo assim como deve acontecer na maiores dos países onde o Jimny é vendido. O Jimny Sierra ainda pode ganhar a companhia do Swift Sport, também de nova geração, que pode ser lançado no nosso mercado neste ano, com o mesmo motor que equipa o Vitara, o 1.4 Turbo, que o tornaria uma boa opção entre o pocket rockets do mercado, como Peugeot 208 GTi e o futuro Volkswagen Polo GTS.
Novo Jimny Sierra: considerado o veículo mais carismático dessa edição do Salão do Automóvel de São Paulo, a nova geração do Suzuki Jimny deve ser batizado de Jimny Sierra no mercado nacional, já que aqui ambas as gerações devem conviver por um determinado período de tempo. Segundo a marca japonesa, ele deve ser cerca de 20% mais caro que o modelo atual, com preços entre R$70.990 a R$85.990 (assim, estima-se de R$85 a R$100 mil no país). Com quase 20 anos, a terceira geração deve seguir em linha em quase todos os mercados onde o Jimny é vendido. No design, destaque para os faróis circulares monoparabolas (LED opcional), piscas separados, moldura única na parte frontal e para-choque saliente. Na lateral, destaque para a ampla área envidraçada e os grandes retrovisores com repetir de pisca. Na traseira, as lanternas passam a ficar no para-choque e com design horizontal, enquanto há novas rodas de liga leve. Se você acredita que o Jimny manteve quase o mesmo design old school no exterior, não pode dizer o mesmo do interior, que passou por uma verdadeira revolução. Ele passa a ser vendido com volante multifuncional, central multimídia, ar-condicionado digital e um quadro de instrumentos bem mais moderno. Ele possui 3,645 metros de comprimento, 2,25 metros de entre-eixos, 1,645 metro de largura e 1,725 metro de altura. Aqui ele deve ser vendido com motor 1.5 16v a gasolina que desenvolve 108cv de potência e 13,2kgfm de torque, acoplado tanto com o câmbio manual de 5 marchas como o automático de 4 velocidades (4You manual, 4You automática e 4Style automática). O sistema de tração é 4WD com possibilidade do engate 2WD ao 4WD em até 100km/h. O Jimny Sierra ainda conta com tração 4×4 reduzida. Seus preços devem ficar entre R$85 mil a R$105 mil, estimados.


Novo Swift Sport: em testes de homologação desde outubro de 2017 no Brasil, o Swift deve estrear importado do Japão. Perdendo 80kg, o Swift passa a pesar 970kg e aposentou o motor 1.6 16v de injeção direta de combustível para apostar no 1.4 Turbo BoosterJET a gasolina de 140cv de potência e torque de 23,4kgfm, acoplado ao câmbio manual de 6 marchas. Com 3,84 metros de comprimento e 2,45 metros de entre-eixos, o Swift ainda possui 1,70 metro de largura e 1,50 metro de altura. O Swift Sport conta com o mesmo conjunto do Vitara 1.4. No design externo, o Sport se destaca pelas rodas de 17", saias laterais, grade dianteira tipo colmeia e difusor traseiro acompanhando a dupla ponteira de escapamento. Por dentro, traz bancos do tipo concha e uma nova central multimídia com espelhamento de smartphones via Apple CarPlay e Android Auto, além de couro com costuras vermelhas para seguir o estilo esportivo que ele merece. Entre os principais itens de série, o hatch conta com aviso de mudança de faixa, alerta de colisão frontal, piloto automático adaptativo e farol alto automático. Preços devem ficar em torno dos R$80.000 no mercado brasileiro, concorrendo com modelos como o Peugeot 208 GT e Renault Sandero R.S..


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen convoca recall onde terá que recomprar 194 unidades de homologação

Antecipando novidades para o Brasil, Honda apresenta HR-V Touring no Japão

Curiosidades: Chevrolet, Mercedes-Benz e FCA foram as que mais convocaram recall em 2018

Toyota convoca mega recall que envolve 379.689 unidades de Hilux, SW4, Etios, Etios Sedan, Corolla e Fielder

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Volkswagen comemora a marca de 5 milhões de unidades do Tiguan em 11 anos de produção

Ford registra patente de motor V8 híbrido, que deve ser usado pelo Mustang em 2020

Ford concede sinal verde para desenvolvimento da nova Courier, em entrevista

Renault Twingo ganha face-lift na Europa para o Salão do Automóvel de Genebra

Sucessor do Nissan 370Z deve ser apresentado ainda em 2019, em algum evento importante