Acordo para desenvolvido de elétricos da Renault cresce na China com parceria com Jiangling


Tendo na China o maior mercado do mundo, a Renault confirmou que deve expandir a sua linha de carros elétricos no gigante asiático. A parceria com a Brilliance é um dos pontos que deve fazer com que a marca aumente a sua participação na China, mas não deve ficar apenas nisso. Segundo informações vindas da China, o novo acordo com a Brilliance tem como protagonista a marca Jiangling Motors, que a Renaulr optou por adquirir participação na empresa, principalmente na filial especializada em veículos elétricos, a Jiangling Motors Electric Vehicle (JMEV). Esse acordo deve ajudar a francesa a estabelecer forças na China e deve ser anunciado em breve, de maneira oficial. Ainda não se sabe maiores detalhes da parceria e nem as participações das ações da Renault na JMEV, mas o movimento estratégico para crescer na China já foi definido. Novata, a Jiangling surgiu em 2015 e vende carros de várias outras marcas chinesas como carros seus e com propulsão elétrica. Em 2017, a marca vendeu 37 mil unidades na China e em 2018 deve ter fechado a cifra de 50 mil unidades vendidas. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Renegade é convocado para recall no airbag que envolve 37.723 unidades

Fiat Doblò passa a ser vendido em versão única, Weekend ganha ar-condicionado e Uno chegam a 2020

Ford faz limpa no site e Fiesta, Focus, Focus Fastback e caminhões somem do portal

Hyundai revela as primeiras imagens e informações da nova geração do HB20

Ford confirma presença no Salão de Frankfurt para apresentar seus utilitários esportivos

Veteranos, Chevrolet Montana e Cobalt chegam a linha 2020 apenas com novos preços

JAC inicia pré-venda do caminhão leve elétrico iET1200 no Brasil por R$259.990

Site diz que Ford desenvolve F-150 Raptor com motor V8 para ser lançada em 2020

Fiat apresenta linha 2020 da Toro com versão Endurance Diesel, Endurance manual e nova central

Volkswagen apresenta Jetta GLI no país, com 230cv de potência, por R$144.990