Acordo para desenvolvido de elétricos da Renault cresce na China com parceria com Jiangling


Tendo na China o maior mercado do mundo, a Renault confirmou que deve expandir a sua linha de carros elétricos no gigante asiático. A parceria com a Brilliance é um dos pontos que deve fazer com que a marca aumente a sua participação na China, mas não deve ficar apenas nisso. Segundo informações vindas da China, o novo acordo com a Brilliance tem como protagonista a marca Jiangling Motors, que a Renaulr optou por adquirir participação na empresa, principalmente na filial especializada em veículos elétricos, a Jiangling Motors Electric Vehicle (JMEV). Esse acordo deve ajudar a francesa a estabelecer forças na China e deve ser anunciado em breve, de maneira oficial. Ainda não se sabe maiores detalhes da parceria e nem as participações das ações da Renault na JMEV, mas o movimento estratégico para crescer na China já foi definido. Novata, a Jiangling surgiu em 2015 e vende carros de várias outras marcas chinesas como carros seus e com propulsão elétrica. Em 2017, a marca vendeu 37 mil unidades na China e em 2018 deve ter fechado a cifra de 50 mil unidades vendidas. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Subaru se despede do WRX STi na Espanha com série especial Final Edition

CAOA fecha acordo com Ford para a fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

Nova geração do Hyundai HB20 pode substituir 1.6 16v e 1.0 Turbo pelo 1.0 12v TGDI

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Mercedes-Benz revela eSprinter em testes de durabilidade de componentes na Suécia

Renault vende todo primeiro lote do Zoe e já confirma encomenda de segundo lote

Volkswagen estuda desenvolver um Golf R Plus com 400cv na oitava geração

Volkswagen confirma que Tarek terá início da produção atrasada, na Argentina

Subaru convoca recall de Legacy GT e Outback no Brasil com defeito no airbag

Ford Territory deve ser lançado no Brasil, por pressão dos concessionários