Honda lança oficialmente a nova geração do Accord na versão topo Touring por R$198.500


Com 41 anos de idade e em sua décima geração, o Honda Accord chega a sua décima encarnação no mercado. Apresentado no ano passado nos Estados Unidos, o sedã passa a contar com a nova filosofia da Honda e passa por um processo de downsizing na mecânica ao trocar o conjunto V6 pelo Turbo. Medindo 4,88 metros de comprimento, 2,83 metros de entre-eixos, 1,86 metro de largura, 1,45 metro de altura e 574 litros no porta-malas, o novo Accord parece um "Grand Civic". Chegando com uma plataforma 32% mais rígida, desenvolvida para aceitar as novas tecnologias que tornam o sedã mais seguro, confortável e conectado. A carroceria possui 54,2% de aço de alta resistência. Na sua construção, fica então, com um ganho de 29% de aço de ultra alta resistência. A carroceria também tem 5,9% de alumínio e pesa 5% a menos que a anterior. O sedã recebeu também suspensão com braços em alumínio e direção com duplo pinhão para filtrar melhor os movimentos. No design, destaque para os faróis Full LED com nove projetores independentes, grade com barra superior cromado, além de para-choque com grande abertura central em “V” aberto. O novo Accord conta com para-brisa mais inclinado, o que melhor seu coeficiente aerodinâmico, enquanto as colunas C foram bem puxadas, aumentando a sensação de estarmos vendo um coupê ou fastback, com tampa do porta-malas curta e grande vidro traseiro. Na traseira, o sedã oferece lanternas envolventes e divididas pela tampa do porta-malas. No interior, o novo Accord conta com design simples, principalmente pelo desenho do console central, apesar dos botões de marchas, freio de estacionamento eletrônico e outros dispositivos agregados. O volante multifuncional é bem completo e passa a oferecer paddle-shifts atrás do volante. A central multimídia conta com conectividade Android Auto e Apple CarPlay e possui tela de 8 polegadas. 


A central ainda oferecer o Honda Link, que oferece serviços de assistência em emergência, bloqueio/desbloqueio remoto e partida do motor, rastreamento de veículo roubado, diagnóstico remoto, georreferência, rastreamento de velocidade, entre outros. O quadro de instrumentos passa a ter uma tela TFT de 7 polegadas e mostra os mostradores digitais de norma analógica. Entre os destaques dessa geração ainda estão HUD, carregamento do dispositivo móvel sem fio, emparelhamento automático do telefone via Bluetooth® com a tecnologia de comunicação Near Field, o sistema Wi-Fi, 4G LTE e Wi-Fi ativo para outros aparelhos. O sistema de áudio tem 10 alto-falantes e 450 watts. O sedã ainda oferece os dois modos de condução: Normal e Sport. Cada um deles conta com uma combinação diferente de "personalidade", com chassis e dirigibilidade, incluindo a nova direção de direção elétrica de velocidade variável (EPS), transmissão automática, acelerador drive-by-wire, amortecedores adaptativos e sistema Active Sound Control, para cancelamento de ruído. O sedã vem ainda com o conhecido modo Econ. Na mecânica, ele adere ao 2.0 16v i-VTEC que desenvolve 255cv de potência e 37,6kgfm de torque, acoplado ao câmbio automático de 10 velocidades, substituindo o conjunto atual composto pelo motor 3.5 V6 de 280cv com câmbio automático de 6 marchas. Segundo a Honda, ele acelera de 0 a 100km/h em 6 segundos e de acordo com o Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro é de 9km/l na cidade e 12,3km/l na estrada. O Accord V6 fazia 7,3km/l e 12km/l, respectivamente, de acordo com o órgão federal. No acabamento interno, os assentos são em couro e existem três tonalidades: cinza na pintura preta, preto na pintura prata e marfim na pintura branca. O Accord ainda é considerado um carro de nicho por aqui, por isso a Honda diz que espera vender apenas 10 unidades por mês do sedã em 2019 – volume muito, mas muito distante dos 240 mil emplacamentos dos EUA.


Accord Touring

Entre os equipamentos de série, o Honda oferece o Honda Sensing (que oferece sistema de frenagem de atenuação de colisão (CMBS), aviso de mudança de faixa e correção, controle de cruzeiro adaptativo com seguimento de baixa velocidade e novo reconhecimento de sinal de trânsito, sensor de ponto cego, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, monitor de tráfego cruzado e monitor de fadiga e visão traseira de ângulo múltiplo com diretrizes dinâmicas), ESP, TCS, ABS com EBD, TPMS, etc. Outros itens são bolsas infláveis de joelhos (motorista e passageiro dianteiro), laterais e de cortina, câmeras traseira e no retrovisor direito, faróis com leds em ambos os fachos, projeção de informações no para-brisa, ar-condicionado automático de duas zonas, chave presencial, central de áudio com tela de 8 polegadas compatível com Android e Apple, carregador de celular sem fio, teto solar elétrico, freio de estacionamento elétrico e rodas de alumínio de 18 polegadas e o interior oferece revestimento em cinza, preto ou bege, conforme a cor externa.


Preço

  • Honda Accord Touring 2.0 Turbo AT10 - R$198.500




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Renegade é convocado para recall no airbag que envolve 37.723 unidades

Fiat Doblò passa a ser vendido em versão única, Weekend ganha ar-condicionado e Uno chegam a 2020

Ford faz limpa no site e Fiesta, Focus, Focus Fastback e caminhões somem do portal

Hyundai revela as primeiras imagens e informações da nova geração do HB20

Ford confirma presença no Salão de Frankfurt para apresentar seus utilitários esportivos

JAC inicia pré-venda do caminhão leve elétrico iET1200 no Brasil por R$259.990

Veteranos, Chevrolet Montana e Cobalt chegam a linha 2020 apenas com novos preços

Site diz que Ford desenvolve F-150 Raptor com motor V8 para ser lançada em 2020

Fiat apresenta linha 2020 da Toro com versão Endurance Diesel, Endurance manual e nova central

Volkswagen apresenta Jetta GLI no país, com 230cv de potência, por R$144.990