FCA pode estar desenvolvendo uma nova geração do Lancia Ypsilon e marca pode ser salva da extinção


Com um grupo cheio de marcas, a FCA acabou deixando a Lancia de lado por decisão do falecido CEO do grupo na época, Sergio Marchionne. Assim, a marca foi perdendo carros como o Delta e ficou apenas com o Ypsilon, que se manteve vivo graças às boas vendas, principalmente na Itália, país natal da marca. Lançado em 2011, a atual geração do Ypsilon pode acabar sendo substituída por uma nova geração. Segundo a revista Quattroruote, citando fontes internas da FCA, o sucessor de Marchionne, Mike Manley, para estar decidido de dar uma nova vida ao Ypsilon e principalmente a Lancia, que pode ganhar novidades num futuro breve. Caso isso realmente aconteça, seria um grande alívio para os admiradores da Lancia, que acreditavam no fim da marca. Isso porque o atual modelo estaria programado para ser produzido até o final de 2019 na Polônia, se despedindo do mercado italiano em 2020 e colocando um fim na marca fundada em 1906. A forte participação de mercado na Itália parece que será a salvação da Lancia, fazendo do Ypsilon um dos três carros mais vendidos do país. Até o momento a FCA não confirmou a nova geração do Ypsilon, mas as chances dele ganhar uma nova geração são grandes, assim como a Lancia voltar a ter mais automóveis em seu lineup, o que seria um golpe de mestre em que já acreditava no fim da marca.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen convoca recall onde terá que recomprar 194 unidades de homologação

Antecipando novidades para o Brasil, Honda apresenta HR-V Touring no Japão

Curiosidades: Chevrolet, Mercedes-Benz e FCA foram as que mais convocaram recall em 2018

Toyota convoca mega recall que envolve 379.689 unidades de Hilux, SW4, Etios, Etios Sedan, Corolla e Fielder

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Volkswagen comemora a marca de 5 milhões de unidades do Tiguan em 11 anos de produção

Ford registra patente de motor V8 híbrido, que deve ser usado pelo Mustang em 2020

Ford concede sinal verde para desenvolvimento da nova Courier, em entrevista

Renault Twingo ganha face-lift na Europa para o Salão do Automóvel de Genebra

Sucessor do Nissan 370Z deve ser apresentado ainda em 2019, em algum evento importante