Chevrolet Captiva volta a vida em questão de meses com base em Baojun 530, na Colômbia


A Chevrolet apresentou na Colômbia a nova geração do Captiva, que deve ser uma opção mais em conta que o Equinox. O Captiva colombiano foi revelado durante o Salão do Automóvel de Bogotá e na verdade é a versão norte-americana do chinês Baojun 530. Produzido pela SAIC, parceira da General Motors na China, o SUV manteve o motor 1.5 16v a gasolina que desenvolve 147cv de potência com torque de 24,5kgfm, associado ao câmbio manual ou automático de 6 marchas. Ele ainda pode ser vendido com tração nas quatro rodas. Visualmente, o Chevrolet Captiva muda pouco em relação ao modelo chinês, do qual origina. A grade dianteira conta com um novo desenho interno, sem as duas linhas cromadas. Enquanto na lateral as novidades ficam por conta das rodas de liga leve com novo desenho, enquanto na traseira a novidade é a gravata da Chevrolet. A fabricante não divulgou imagens do interior, revelando apenas que terá controle de estabilidade, teto solar, bancos com ajuste elétrico e uma versão de sete lugares. O modelo deve ser vendido em poucos mercados além da Colômbia, possivelmente mais em mercados asiáticos. Vale destacar que a estratégia não é única da Chevrolet. O Ford Territory também é um SUV com base num modelo chinês, tática que tem sido cada vez mais usada em mercados emergentes. 




Fotos: Mujeres Y Autos

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Subaru se despede do WRX STi na Espanha com série especial Final Edition

CAOA fecha acordo com Ford para a fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

Nova geração do Hyundai HB20 pode substituir 1.6 16v e 1.0 Turbo pelo 1.0 12v TGDI

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Mercedes-Benz revela eSprinter em testes de durabilidade de componentes na Suécia

Renault vende todo primeiro lote do Zoe e já confirma encomenda de segundo lote

Volkswagen estuda desenvolver um Golf R Plus com 400cv na oitava geração

Volkswagen confirma que Tarek terá início da produção atrasada, na Argentina

Ford Territory deve ser lançado no Brasil, por pressão dos concessionários

Subaru convoca recall de Legacy GT e Outback no Brasil com defeito no airbag