Volkswagen Neo é adiado para 2020 na Europa, durante o Salão do Automóvel de Genebra


Com lançamento previsto para novembro de 2019, a Volkswagen confirmou o atraso na apresentação do seu primeiro carro 100% elétrico, baseado no ID Concept. Trata-se do Neo, hatch médio que pretende se tornar na nova fase da Volks, assim como Fusca e Golf foram no passado. O hatch elétrico ficou para 2020, mas o atraso não é tão significativo. Seu lançamento deve acontecer no início de 2020, tudo indica que a postos para acontecer no Salão do Automóvel de Genebra. Com esse atraso, todos os membros da linha ID tiveram o cronograma de apresentação atrasados. O atraso pode ter relação com a recente descoberta de componentes tóxicos no sistema de recarga dos híbridos do grupo VW. Os componentes não afetam o ser humano, mas podem se tornar um problema de tamanho incalculável no descarte das baterias e consequentemente do carro, após o fim da vida útil. O hatch deve ser vendido com autonomia que varia de 330km na versão de entrada e chegando a 540km na versão topo de linha. A bateria da versão de acesso será de 48kW, enquanto a versão intermediária deve entregar cerca de 450km de autonomia.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CAOA fecha acordo com Ford para a fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

Ford Territory deve ser lançado no Brasil, por pressão dos concessionários

Fechado em janeiro em Detroit, Ford e Volkswagen assinam acordo de parceria

Kia inicia importação da nova geração do Cerato ao Brasil em lote de 2.400 unidades

Nissan Juke de segunda geração é flagrado pela primeira vez com camuflagem zebrada

Hyundai Venue é flagrado com pouca camuflagem na Índia e estreia dia 17

Chevrolet Onix e Prisma Joy devem receber mesmo design das atuais versões LT e LTZ

Renault vende todo primeiro lote do Zoe e já confirma encomenda de segundo lote

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Segundo revista, Jeep Cherokee retorna ao mercado em agosto, já reestilizado