Toyota confirma produção da Hilux Hybrid na Argentina até 2020 e estuda motor elétrico


A Toyota parece que deve inovar no segmento de picapes médias na região da América Latina. A picape deve começar a ser produzida com motor híbrido dentro de dois anos. Segundo Daniel Herreno, presidente da Toyota Argentina, a picape começa a ser produzida na fábrica de Zárate dentro de dois anos. A unidade ainda planeja o desenvolvimento de uma versão puramente elétrica da Hilux, o que quebraria ainda mais os padrões do segmento. Segundo o executivo em entrevista ao Cosas de Autos, “em um nível global, o projeto é que, de hoje até 2030, todos os modelos tenham uma versão elétrica. Por isso, antes de 2030, teremos uma versão elétrica ou híbrida da Hilux em cada mercado, em paralelo com a convencional. Porém, a ideia é começar a fabricar uma Hilux híbrida na Argentina em dois anos. Parte do processo é adequar a fábrica. É o nosso desafio”, disse. Para a produção da Hilux Hybrid na fábrica argentina, a Toyota ainda decide se deve expandir a unidade atual ou construir uma nova fábrica ao lado, uma decisão que deve ser tomada apenas em 2019. A chegada dessa versão faz parte do preparo da picape para receber uma nova geração. O modelo atual não deve ficar no mercado por muito tempo como aconteceu com a geração anterior, que ficou 10 anos no mercado. A atual geração foi apresentada em 2015 e já foi reestilizada nesse ano, menos de três anos depois de seu lançamento. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Subaru se despede do WRX STi na Espanha com série especial Final Edition

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Nova geração do Hyundai HB20 pode substituir 1.6 16v e 1.0 Turbo pelo 1.0 12v TGDI

Mercedes-Benz revela eSprinter em testes de durabilidade de componentes na Suécia

Volkswagen estuda desenvolver um Golf R Plus com 400cv na oitava geração

Volkswagen Gol, Voyage e Saveiro chegam à linha 2020 com pequenas novidades

Volkswagen confirma que Tarek terá início da produção atrasada, na Argentina

Subaru convoca recall de Legacy GT e Outback no Brasil com defeito no airbag

Grupo VAG e PSA estariam interessados em comprar Jaguar-Land Rover da Tata

Renault vende todo primeiro lote do Zoe e já confirma encomenda de segundo lote