Nova geração do Renault Sandero deve ser baseada na nova geração europeia do Clio


Depois de confirmar que seus carros não devem mais se basear na Dacia, a Renault confirmou que uma nova geração do Sandero deve ser um legítimo Renault. Vendido em alguns países como Renault, como no Brasil, o hatch compacto deve beber na fonte de inspiração dos carros da marca francesa. A informação foi confirmada por Laurens van den Acker, chefe de design da Renault. Enquanto a versão Dacia deve ser apresentada em 2019, o novo Renault Sandero deve ser revelado até meados de 2022. A Renault deve manter a base da Dacia, mas toda a carroceria será da marca francesa e não da romena. Foi assim que aconteceu com o Arkana, apresentado como conceito recentemente. Tudo indica que a nova geração do Sandero se baseie no novo Clio, mas com custo menor. Apostando um parentesco com o Clio, possivelmente a Renault opte pela volta do nome Clio no mercado, ou pode ainda desenvolver um nome inédito e manter o nome Sandero. O que se sabe é que nosso Sandero deve se desprender do design do modelo romeno e aqui o público tem a ideia do Clio como um carro abaixo do Sandero, de entrada. 



Fonte: Argentina Autoblog
Fotos: Motor1 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Subaru se despede do WRX STi na Espanha com série especial Final Edition

CAOA fecha acordo com Ford para a fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Nova geração do Hyundai HB20 pode substituir 1.6 16v e 1.0 Turbo pelo 1.0 12v TGDI

Mercedes-Benz revela eSprinter em testes de durabilidade de componentes na Suécia

Volkswagen estuda desenvolver um Golf R Plus com 400cv na oitava geração

Volkswagen confirma que Tarek terá início da produção atrasada, na Argentina

Renault vende todo primeiro lote do Zoe e já confirma encomenda de segundo lote

Subaru convoca recall de Legacy GT e Outback no Brasil com defeito no airbag

Volkswagen Gol, Voyage e Saveiro chegam à linha 2020 com pequenas novidades