MINI convoca recall do Countryman, que afeta 433 unidades, por bomba de combustível


A MINI está convocando um recall que envolve 433 unidades dessa geração do Countryman. O SUV compacto foi fabricado entre 1º de fevereiro de 2017 a 18 de julho de 2018 e deve voltar a uma concessionária para solucionar um defeito na chapa de proteção na bomba de combustível. Segundo a marca, “em caso de colisão dianteira severa, a válvula de controle do fluxo da bomba de combustível pode se quebrar, podendo haver vazamento de combustível, e, consequentemente, risco de incêndio. Nesta situação, não está descartada a possibilidade de ocorrência de danos físicos e materiais aos ocupantes do veículo e a terceiros.”. A MINI confirmou que começa a reparar as unidades com defeito desde ontem (05/10) e o tempo médio para o reparo é de 1 hora. Para mais informações, a MINI disponibiliza o Serviço de Atendimento ao Consumidor MINI pelo telefone 0800 (0800 019 7097), de segunda à sexta-feira das 8h às 19h, ou através do site (www.mini.com.br/recall). Confira abaixo o final dos chassis envolvidos, não-sequenciais. 


Final dos Chassis

  • MINI Countryman 2018 - 3D62590 a 3F91309

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CAOA fecha acordo com Ford para a fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

Ford Territory deve ser lançado no Brasil, por pressão dos concessionários

Fechado em janeiro em Detroit, Ford e Volkswagen assinam acordo de parceria

Kia inicia importação da nova geração do Cerato ao Brasil em lote de 2.400 unidades

Nissan Juke de segunda geração é flagrado pela primeira vez com camuflagem zebrada

Hyundai Venue é flagrado com pouca camuflagem na Índia e estreia dia 17

Chevrolet Onix e Prisma Joy devem receber mesmo design das atuais versões LT e LTZ

Renault vende todo primeiro lote do Zoe e já confirma encomenda de segundo lote

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Segundo revista, Jeep Cherokee retorna ao mercado em agosto, já reestilizado