Depois do Cactus, CEO da Citroën, Linda Jackson, confirma lineup global no Brasil


A Citroën do Brasil recebeu uma importante confirmação, que deve deixar os apaixonados pela marca bem contentes. Em visita ao Brasil, Linda Jackson, CEO da Citroën, confirmou que o país deve alinhar a sua linha produtos gradativamente com a Europa em questão de poucos anos. O C4 Cactus foi o primeiro passo para isso e em breve o país começa a receber mais novidades em pé de igualmente com o Velho Continente. Segundo a CEO, o programa de vendas da empresa para os próximos anos visa reforçar a atuação em mercados internacionais e a América Latina é considerada peça fundamental para conquistar esse objetivo. “Precisamos crescer no Brasil e América Latina para garantir nossos objetivos globais. Gradualmente iremos renovar toda a linha com próximos lançamentos, nossa estratégia de produtos é global”, disse Linda. O Brasil ainda deve ter acesso à plataformas elétricas e híbridas, inclusive com produção local, seguido com a demanda. A confirmação de uma linha global pode fazer com que a marca opte por trazer as novas gerações de C3 e C3 AirCross ao nosso mercado, assim como o C5 AirCross. 


Fonte: Automotive Business

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

BMW convoca recall de 158 unidades de Série 3, 5, 6 e 7, X3, X5 e Z4 produzidos entre 1994 a 2008

Vazam imagens da nova geração do Nissan Sentra, com nova filosofia V-Motion 2.0 de design

Volkswagen passa a vender minivan Touran com motor 1.0 12v TSI e 2.0 TDI revisado

Volkswagen e Ford anunciam oficialmente a parceria durante o Salão de Detroit

Ford Mondeo e Mondeo SW são reestilizados na Europa e ganham opção de motor híbrido

Fiat Tipo e Tipo Estate ganham versão Sport com motor 1.4 T-JET de 120cv de potência

Renault pode trazer Clio de volta ao Brasil em nova geração, mas com plataforma adaptada

Nova picape da Fiat tem base no Mobi confirmada e deve substituir a Strada - e não conviver com ela

Nova geração do Tesla Roadster deve voar, literalmente, segundo Elon Musk