Depois de ser descontinuada, Nissan Livina deve ganhar 2º geração com base na Mitsubishi Expander


Vendida no Brasil entre 2009 e 2014, a Nissan deve reviver a Livina no mercado internacional com base na Mitsubishi Expander. Popularmente conhecida entre as famílias e taxistas, a Nissan Livina deve ganhar uma segunda geração depois de ter saído de linha há alguns anos. Minivan compacta, segundo o JPNN, está pronta e deve ser apresentada na fábrica de Bekasi Prefecture, na Indonésia, onde é produzida a Mitsubishi Expander. A publicação ainda confirma a possibilidade da Livina ser apresentada no ano que vem, vendida principalmente em mercados asiáticos. No design, ela deve trazer um visual bem característico dessa nova fase da Nissan e é esperada que a minivan conte com a dianteira com grade dianteira com a filosofia V-Motion 2.0, vista nos últimos lançamentos da Nissan. Além da dianteira, partes como capô, portas e para-lamas devem ser mantidos intactos quando comparados à minivan da Mitsubishi. Sobre o capô a marca japonesa a equipou com motor 1.5 16v a gasolina, que não teve detalhes confirmados. Além disso, foi a única motorização confirmada até o momento. O câmbio pode ser manual de 5 marchas ou automático de 4 velocidades. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CAOA fecha acordo com Ford para a fábrica de São Bernardo do Campo (SP)

Ford Territory deve ser lançado no Brasil, por pressão dos concessionários

Fechado em janeiro em Detroit, Ford e Volkswagen assinam acordo de parceria

Kia inicia importação da nova geração do Cerato ao Brasil em lote de 2.400 unidades

Nissan Juke de segunda geração é flagrado pela primeira vez com camuflagem zebrada

Hyundai Venue é flagrado com pouca camuflagem na Índia e estreia dia 17

Chevrolet Onix e Prisma Joy devem receber mesmo design das atuais versões LT e LTZ

Renault vende todo primeiro lote do Zoe e já confirma encomenda de segundo lote

McLaren inaugura concessionária no Brasil e pretende vender 20 unidades no primeiro ano

Segundo revista, Jeep Cherokee retorna ao mercado em agosto, já reestilizado