BMW descarta desenvolvimento de picape média para concorrer com Mercedes Classe X


Depois de cogitar o desenvolvimento de uma parceria para apresentar a sua primeira picape, a BMW parece que descartou a possibilidade. Apesar do aumento da demanda de picapes médias em todo o mundo, a marca bávara confirmou que não deve entrar no segmento como a Mercedes. Em entrevista ao Motoring, Klaus Frohlich, chefe de desenvolvimento da BMW, confirmou que a ideia não é suficientemente rentável. O executivo afirmou que existe a possibilidade de uma alta demanda pelo segmento e por uma picape da marca na Austrália e nos EUA, mas os custos seriam altos demais para o desenvolvimento. A marca acredita que a picape poderia ser feita em parceria com alguma marca, assim como aconteceu com a Mercedes-Benz Classe X. Apesar da parceria com a Toyota, com o desenvolvimento do novo Supra e do BMW Z4, a marca alemã rejeitou a ideia de usar a Hilux como base para uma picape sua. “Jamais faremos uma engenharia de logotipos”, uma alfinetada na rival Mercedes com o desenvolvimento em conjunto da Classe X com Renault Alaskan e Nissan Frontier. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen convoca recall onde terá que recomprar 194 unidades de homologação

Antecipando novidades para o Brasil, Honda apresenta HR-V Touring no Japão

Curiosidades: Chevrolet, Mercedes-Benz e FCA foram as que mais convocaram recall em 2018

Toyota convoca mega recall que envolve 379.689 unidades de Hilux, SW4, Etios, Etios Sedan, Corolla e Fielder

Nova geração da Chevrolet S10 chega em 2022, maior e ainda mais globalizada

Volkswagen comemora a marca de 5 milhões de unidades do Tiguan em 11 anos de produção

Ford registra patente de motor V8 híbrido, que deve ser usado pelo Mustang em 2020

Ford concede sinal verde para desenvolvimento da nova Courier, em entrevista

Renault Twingo ganha face-lift na Europa para o Salão do Automóvel de Genebra

Volkswagen passa a vender minivan Touran com motor 1.0 12v TSI e 2.0 TDI revisado